Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
ROTEIRO&VIAGENS

Festival no Morro de São Paulo, na Bahia, agita feriado com shows entre 02 e 04 de novembro

27 outubro 2017 - 11h45Por Da redação

Entre os dias 02 a 04 de novembro, a segunda edição da festa no Morro de São Paulo, na Bahia, promete agitar o feriado com shows e variada programação cultural e infantil. Gratuito, o evento extrapola os limites da Vila. A Terceira Praia será palco para as apresentações de bandas como Babado Novo e Batifun. No centrinho, os destaques são as manifestações da cultura baiana.

Um dos destinos mais cobiçados da Costa do Dendê, a cosmopolita Morro de São Paulo fica na Ilha de Tinharé, a 248 quilômetros de Salvador. Para chegar lá é preciso pegar um catamarã ou um avião na capital baiana. Outra alternativa é ir de carro ou ônibus até Valença e então seguir em um barco ou uma lancha.

E uma terceira ainda, é pegar um avião em Campinas, porém só tem voo aos sábados, seja para ir ou voltar, rumo à Valença e lá embarcar no barco ou lancha. Morro tem apenas quatro praias "exploradas" e duas ruas principais, o que não significa que não há lugar para todo mundo, pelo contrário, espaço é o que não falta.

Jovens mochileiros de São Paulo, Rio de Janeiro, Holanda, Israel entre outros lugares, desembarcam no minúsculo porto em busca da agitada noite da vila. Também chegam casais e famílias que procuram e encontram sossego.

O burburinho impera na Praça Aurealiano Lima e na Rua Caminho da Praia, com diversos restaurantes que servem de comida caseira à japonesa, estendendo-se até à Segunda Praia. As praias não são identificadas por nomes, mas por ordem numérica. 

A Terceira tem movimento tranquilo e algumas pousadas e restaurantes; enquanto na Quarta a tranquilidade reina absoluta. Nas duas últimas, as piscinas naturais de águas transparentes são perfeitas para a prática do mergulho. Além das praias "numeradas", Morro guarda ainda as praias do Encanto ou Quinta, da Gamboa e Guarapuá.

O estilo pitoresco é reforçado pela proibição do tráfego de automóveis na ilha, se não quiser andar a pé, pode ir de tratores que levam os turistas até às pousadas ou aos pontos turísticos por uma estrada de terra paralela à praia.

As caminhadas, entretanto, continuam sendo as melhores maneiras de desbravar a ilha e conhecer seus encantos, entre eles, o forte e o farol, ponto de encontro na hora do pôr do sol e que descortina uma das mais espetaculares vistas de Morro de São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Aprovada ampliação de financiamento para aquisição de suínos pelo FCO
TENDÊNCIA
Anos 90: Decote reto
DOURADOS
Encontro une escoteiros e estudantes para dia de atividades
LADÁRIO
Acordo garante legalização das linhas de transporte intermunicipal de passageiros
LEGISLATIVO
Deputados devem votar cinco projetos nesta terça-feira
BRASILÂNDIA
Pai e filhos são condenados a mais de 80 anos de prisão por homicídios
PAZ NO CAMPO
PF faz operação para desarmar grupos indígenas em MS
PESQUISA
Subida do nível do mar preocupa cientistas
DOURADOS
Jovens são presos tentando arremessar drogas para dentro da Unei
POLÍCIA
Mulher é presa com droga na rodoviária de Dourados

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação
DOURADOS
Délia decreta estado de emergência por desmoronamento na Presidente Vargas