Menu
Busca quinta, 16 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
ROTEIRO&VIAGENS

Festival no Morro de São Paulo, na Bahia, agita feriado com shows entre 02 e 04 de novembro

27 outubro 2017 - 11h45Por Da redação

Entre os dias 02 a 04 de novembro, a segunda edição da festa no Morro de São Paulo, na Bahia, promete agitar o feriado com shows e variada programação cultural e infantil. Gratuito, o evento extrapola os limites da Vila. A Terceira Praia será palco para as apresentações de bandas como Babado Novo e Batifun. No centrinho, os destaques são as manifestações da cultura baiana.

Um dos destinos mais cobiçados da Costa do Dendê, a cosmopolita Morro de São Paulo fica na Ilha de Tinharé, a 248 quilômetros de Salvador. Para chegar lá é preciso pegar um catamarã ou um avião na capital baiana. Outra alternativa é ir de carro ou ônibus até Valença e então seguir em um barco ou uma lancha.

E uma terceira ainda, é pegar um avião em Campinas, porém só tem voo aos sábados, seja para ir ou voltar, rumo à Valença e lá embarcar no barco ou lancha. Morro tem apenas quatro praias "exploradas" e duas ruas principais, o que não significa que não há lugar para todo mundo, pelo contrário, espaço é o que não falta.

Jovens mochileiros de São Paulo, Rio de Janeiro, Holanda, Israel entre outros lugares, desembarcam no minúsculo porto em busca da agitada noite da vila. Também chegam casais e famílias que procuram e encontram sossego.

O burburinho impera na Praça Aurealiano Lima e na Rua Caminho da Praia, com diversos restaurantes que servem de comida caseira à japonesa, estendendo-se até à Segunda Praia. As praias não são identificadas por nomes, mas por ordem numérica. 

A Terceira tem movimento tranquilo e algumas pousadas e restaurantes; enquanto na Quarta a tranquilidade reina absoluta. Nas duas últimas, as piscinas naturais de águas transparentes são perfeitas para a prática do mergulho. Além das praias "numeradas", Morro guarda ainda as praias do Encanto ou Quinta, da Gamboa e Guarapuá.

O estilo pitoresco é reforçado pela proibição do tráfego de automóveis na ilha, se não quiser andar a pé, pode ir de tratores que levam os turistas até às pousadas ou aos pontos turísticos por uma estrada de terra paralela à praia.

As caminhadas, entretanto, continuam sendo as melhores maneiras de desbravar a ilha e conhecer seus encantos, entre eles, o forte e o farol, ponto de encontro na hora do pôr do sol e que descortina uma das mais espetaculares vistas de Morro de São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DE BIQUÍNI
Priscila Pires mostra resultado de alimentação e treinos intensos
CULTURA
Publicado edital de seleção para artesãos participarem do Salão do Artesanato em São Paulo
DOURADOS
Trabalhadores de obras completam três dias parados
OTIMISMO DO PRODUTOR
Alta do dólar eleva preço da soja em Mato Grosso do Sul
FLAGRANTE
Veículo roubado em Santa Catarina é recuperado em MS
INCLUSÃO
Com 12 mil pessoas em MS, comunidade surda reivindica acesso a serviços básicos
FALTOSOS
Concurso da PM registra abstenção de 14% em MS
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e se aproxima do patamar de R$ 3,90 com piora do cenário externo
EDUCAÇÃO
Apesar de protestos, MEC diz que base curricular tem de ser debatida
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Última semana para inscrições de trabalhos em feiras científicas do IFMS

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto dentro de veículo estacionado em acostamento
DOURADOS
Bebê de oito meses é internado no HU e polícia investiga suspeita de agressão
ALDEIA BORORÓ
Mãe denuncia o próprio filho após descobrir roubo de moto em Dourados
DOURADOS
Uno tomba após colisão com Ônix no Jardim Girassol