Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221
VOCÊ SABIA?

Excesso de treinamento físico diminui imunidade e facilita desenvolvimento de viroses

03 dezembro 2018 - 11h26Por Eu Atleta.com

Faz alguns anos que a Medicina do Esporte alerta sobre fatos que aparentemente não tinha detalhadas explicações, porém agora os imunologistas e hematologistas conseguiram encontrar os elementos que esclarecem essa antiga dificuldade. Quanto mais o atleta se esforça e treina intensamente, maior o risco de acabar sendo “premiado” com uma infecção e até mesmo uma arritmia cardíaca.

A característica clínica dessa verdadeira doença do esporte inclui aspectos psicológicos típicos, como: cobrança de resultados exagerada e inusitada sem nexo, mesmo quando o atleta consegue boas marcas, insônia, irritabilidade com todos, cansaço físico inexplicável, palpitações frequentes e a temida queda da performance.

As quantidades das cargas de exercício podem causar alterações na imunidade se o exercício for mais intenso e prolongado (ou seja >65% do VO2 máx.). Os exercícios com intensidades excessivas parecem enfraquecer a imunidade geral. Quando examinamos maratonistas veteranos, encontramos seus glóbulos brancos (leucócitos) em muito baixa quantidade, em níveis de 2000/mm3. Vários casos que a mídia explorou como causados pela poluição ou intoxicação externa, eram claramente baixa imunidade.

Essa queda da imunidade ocorre por diminuição dos níveis da glutamina nos músculos, um aminoácido não essencial que tem um fluxo direto e contínuo dos músculos para o fígado, intestino, rins e sistema imunológico.

Como o sistema imunológico necessita de muita glutamina para a manutenção de suas funções, e o exercício físico induz o aumento da atividade dessas células, ocorreria a redução da disponibilidade de glutamina imediatamente após exercícios intensos e prolongados, e no final das contas facilitaria o aparecimento de certas doenças, em especial, as viroses principalmente respiratórias.

Esse verdadeiro fenômeno imunológico negativo, tem aumentado hoje em dia, e seu tratamento inicial deve ser iniciado pela correção dos hábitos de treinamento, ou seja devem diminuir ou em alguns casos suspender os treinamentos e recomeçar de modo gradual e lento.

O alerta médico é para não acreditar nunca em medicamentos ou certas substâncias que aumentariam a imunidade, isso ainda não foi conseguido de modo simples, como o famoso, porém, inútil por ser inativado no estômago, oxido nítrico em comprimidos orais. Ainda a fórmula de sucesso deve se basear numa programação feita pelo profissional de educação física, depois da conveniente avaliação médica especializada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA
Polícia prende nove suspeitos de furtar 100 quilos de cocaína em delegacia
ECONOMIA
Portaria amplia autorização para trabalho aos domingos e feriados
RIO BRILHANTE
Traficante foge ao ver abordagem e abandona mais de 350kg de maconha
JUSTIÇA
Mãe e filho serão indenizados por ter imagem denegrida na internet
PROMOÇÃO
Rede Abevê Supermercados realiza último sorteio da Campanha Sonhos a bordo
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
DOURADOS
Torcedores veem meninas do Brasil à frente dos homens no futebol
CORPUS CHRISTI
Operação nas rodovias estaduais começa na quinta-feira
ECONOMIA
Dólar fecha em queda antes de Fed e de olho no exterior
FUTEBOL FEMININO
Com gol recorde de Marta, Brasil vence Itália e garante vaga nas oitavas da Copa do Mundo

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos