Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
Educação

Primeira ída da criança à um espaço infantil/escolinha

04 novembro 2019 - 07h42Por Aconchego Espaço Infantil

Mamães de primeira viagem ficam imaginando como ficará seu coração, depois de deixar seu filho, pela primeira vez, em um espaço infantil/escolinha. Mas não tem outro jeito. A licença maternidade acaba em um sentimento ímpar de tristeza e vem acompanhado de incertezas. Como vou deixar meu bebê tão pequenino numa escolinha? Como irei suportar ficar tanto tempo longe? Como meu filho ficará longe de mim?

Colocar o filho na creche, tão prematuramente, pode parecer um retrocesso na cabeça das mães, mas se a escolha da escolinha for bem feita, um lugar em que a mamãe sinta-se segura para deixar seu filho enquanto trabalha, o local poderá ser um espaço de grande desenvolvimento para a criança e aprendizado para a mamãe. Já pensou nisso? A inserção da criança num espaço infantil é um dos momentos mais importantes da sua vida e da mamãe. É a primeira separação real dos dois, marcando sua entrada na vida social. Claro que isso não pode acontecer de forma brusca. É num espaço infantil/escolinha que se dá a iniciação da autonomia da criança. E isso assusta, principalmente, a mamãe que vê seu filho como um bebezinho incapaz de crescer sozinho. Esta sensação de abandono traz sofrimento a mamãe inexperiente.  


A permanência da criança num espaço infantil, de qualidade, trará a ela um desenvolvimento completo de suas habilidades como a convivência social, começando o processo de amizade, de divisão e colaboração mútua, desenvolvimento da linguagem e de conhecimento de mundo.
 Brincadeiras entre crianças, normais em creches, contribuem para acelerar o processo de socialização de comunicação, movimento, socialização e, ainda, dos aspectos cognitivos.

Aos poucos a mamãe verá que aquele “medo” transformou-se em confiança e qualidade de vida para ambos.
A segurança da mamãe nesse “ritual de passagem” do convívio familiar para o social do seu filho será fundamental. A mamãe segura consegue passar tranqüilidade ao filho, quando diz que no fim da tarde virá buscá-lo. A criança verá que isso acontece todos os dias e que a mamãe não vai abandoná-lo.
Dizer a verdade é sempre importante. Não deixe a criança na creche dizendo que vai ao banheiro e já volta. No dia seguinte seu filho não acreditará em você.

Muitas vezes isso não é tão fácil, mas a mamãe não pode estremecer. A criança pequena que ainda não consegue se expressar muito bem, verbalmente, pode transmitir esse sentimento de separação através do corpo com choro, recusa de alimento ou mesmo ficar doente, isso é normal. Os pais devem favorecer o conhecimento do novo ambiente através da sua presença e mediação com os profissionais que lá trabalham para atender seu filho.

Este processo de separação temporária entre criança e família pode e dever ser amenizado com o atendimento em um ambiente que seja aconchegante, seguro, tranquilo e que respeite o desenvolvimento da criança nas suas mais diversas etapas. Pensando na criança e na tranquilidade das mamães o Aconchego Espaço Infantil foi todo preparado para receber as crianças de 06 meses a 4 anos de idade. No Aconchego Espaço Infantil a mamãe terá a segurança que precisa para trabalhar com tranqüilidade, pois o contato com os profissionais é realizada de forma rápida, direta e transparente. Venha conhecer nosso Espaço.

Rua Ponta Porã, 2680 - Jardim Progresso
Fones: (67) 99948-3831 - (67)99686-7126 ou 3421-5589

 

Leia Também

RIO BRILHANTE
Alvo de operação, ex-prefeito diz ser vítima de perseguição política
PANDEMIA
Empresários se reúnem com Délia para pedir a reabertura dos bares em Dourados
CNH ÁGIL
Aplicativo tem recorde no número de habilitações emitidas em julho
BRASIL
Guedes diz que anunciará três ou quatro privatizações em até 60 dias
ARTIGO
Pais & Filhos
INVESTIGAÇÕES
Polícia desarticula quadrilha responsável por furtos e tentativa de homicídio em Dourados
MAPEAMENTO
Sistema interligará bancos de dados sobre educação em saúde
REGIÃO
Após discussão, homem joga álcool sobre companheira e ameaça atear fogo
POLÍTICA
Douradenses tem até dia 30 para fazer sugestões ao Plano Diretor
PANDEMIA
Perto de 30 mil casos, Governo do Estado amplia testagem para Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos
TRAGÉDIA
Uma pessoa morre em acidente grave na rodovia BR-463