Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Eduardo Custódio

03 junho 2011 - 09h30

O empresário e contabilista Francisco Eduardo Custódio é o atual presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced). Ele possui um escritório de contabilidade há 32 anos em Dourados e há dez é membro da Associação.

Na Aced, Custódio já ocupou os cargos de tesoureiro, diretor departamental do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e era vice-presidente na atual diretoria. Ele assume a presidência por ser o sucessor natural de Antonio Freire, que deixou a Aced para assumir a Faems, e deve ficar no cargo até 2012.

Custódio é membro do Sindicato dos Contabilistas de Dourados e atuou na Secretaria de Administração da Prefeitura na época em que o juiz Eduardo Machado Rocha ficou no cargo como prefeito interino.

O contabilista é natural de Regente Feijo, estado de São Paulo, é casado com a professora Marlisa Lima Custódio e tem dois filhos, Guilherme e Gustavo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA
Caçador é preso com cateto abatido e pescado fora da medida
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo
ARTIGO
Doar órgãos é doar vida, expressão maior do amor
DOURADOS
Vacinação antirrábica tem dois pontos fixos em Dourados hoje
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
FUTEBOL
Líder em campo, Corinthians e SP pressionados; 2º turno do Brasileirão começa hoje com 4 jogos
SETEMBRO AMARELO
Orações para Bobby será exibido e debatido hoje no Cineclube
CAMPO GRANDE
Mulher enciumada ataca atual namorada do ex a pedradas
BRASIL
PF indicia 13 pessoas por usar relatório fraudulento em Brumadinho
SAÚDE
Programa de prevenção ‘Odontologia para Bebês’ atende hoje em Naviraí

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã