Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Eduardo Custódio

03 junho 2011 - 09h30

O empresário e contabilista Francisco Eduardo Custódio é o atual presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced). Ele possui um escritório de contabilidade há 32 anos em Dourados e há dez é membro da Associação.

Na Aced, Custódio já ocupou os cargos de tesoureiro, diretor departamental do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e era vice-presidente na atual diretoria. Ele assume a presidência por ser o sucessor natural de Antonio Freire, que deixou a Aced para assumir a Faems, e deve ficar no cargo até 2012.

Custódio é membro do Sindicato dos Contabilistas de Dourados e atuou na Secretaria de Administração da Prefeitura na época em que o juiz Eduardo Machado Rocha ficou no cargo como prefeito interino.

O contabilista é natural de Regente Feijo, estado de São Paulo, é casado com a professora Marlisa Lima Custódio e tem dois filhos, Guilherme e Gustavo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ousada! ex-BBB Natália Casassola posa nua em barco
FRONTEIRA
Jovem é surpreendido por pistoleiros e executado com nove tiros
ENCONTRO
Evento reúne pesquisadores de olericultura e horticultura em Bonito
BATAGUASSU
PRF apreende em rodovia de MS 50 armas de fogo e mais de mil munições
MOEDA DIGITAL
Ronaldinho Gaúcho lança sua própria criptomoeda e inicia vendas
SUMIÇO
Após 4 dias família localiza manicure com carro quebrado em fazenda
MERENDA
Resolução fixa preços de alimentos adquiridos pelas escolas Estadual
PISCA
Líder do PCC no Paraguai, traficante brasileiro é preso em Assunção
NÚMERO ASSUSTA
Ministério confirma 677 casos de sarampo em seis estados brasileiros
TRÊS LAGOAS
Colisão entre carro e ônibus mata criança e fere quatro na BR-262

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo