Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Dom Alberto comemora jubileu de Diamante no sacerdócio

30 junho 2012 - 07h30

#####.

Da redação


Dom Alberto Först comemora nesta sexta-feira (29/06) seu jubileu de diamante da vida sacerdotal. A missa solene, em ação de graças pelos 60 anos de serviço ao Reino de Deus, acontecerá no domingo (01/07), na Catedral de Bamberg, na Alemanha. Na ocasião Dom Alberto, celebrará com seus irmãos confrades, familiares e uma delegação de padres, um diácono e o bispo diocesano Dom Redovino Rizzardo.


Dom Alberto Först nasceu em 26 de novembro de 1926, em Gunzendorf, na Alemanha, é filho de Martin e Katharina Först. Em 1939 entra no Seminário “Marianum” dos Padres Carmelitas, em Bamberg, na Alemanha.

Em 1944, participou da 2ª Guerra Mundial, como soldado, e durante oito meses foi prisioneiro de guerra dos americanos na França. Em 1946 retornou ao seminário carmelita e em 1947 fez o noviciado na cidade de Straubing, em oito de setembro.

No dia 16 de setembro de 1948 faz os Votos Religiosos e cursou filosofia e teologia na Universidade de Bamberg. É ordenado sacerdote no dia 29 de junho de 1952, na Catedral de Bamberg, depois disso trabalhou em Beilstein, Springiersbach e no seminário de Bamberg.

Em 1953 foi transferido para Fürth/Bay, cidade vizinha de Numberg. No dia 19 de março de 1954, na Praça São Pedro juntamente com toda multidão recebe a bênção do Papa. Viaja de navio e chega ao Brasil e vai para Paranavaí – PR, chegando no dia 07 de abril. Em Paranavaí foi capelão, prior, ecônomo e Comissário Provincial dos Padres Carmelitas do Paraná por vários anos.

De 1970 a 1985 exerceu a função de Cura da Catedral de Paranavaí e Vigário Geral da Diocese de Paranavaí. Como vigário geral da diocese de Paranavaí introduziu o Cursilho, Movimento Familiar Cristão, TLC, JAM, CEB´s, Ministros Extraordinários da Eucaristia. Foi responsável pelas construções da Igreja Matriz São Sebastião, COSDIPA e da casa do Bispo.

Em 1984 vem a Dourados preparar a futura paróquia que os frades carmelitas assumiam no município, a Paróquia Bom Jesus. Já em 1985 é designado pela Província a realizar uma nova missão, auxiliar o pároco Frei Joaquim Knoblauch, como vigário paroquial na Paróquia Bom Jesus, jardim Flórida. Ali terminou o Centro Catequético, ampliou a casa paroquial, construiu o salão de festas, reformou e ampliou a igreja matriz.

É convidado por Dom Teodardo a exercer a função de Vigário Geral, em 1986; fazer parte da Coordenação de Pastoral e da Equipe preparatória do Sínodo. Reformou a Catedral, sugeriu e ajudou na construção do IPAD, (local onde os leigos pudessem fazer as formações), Seminário Diocesano, Residência do Bispo, Casa das Irmãs no IPAD; Com a cúria funcionando no atual endereço, foi responsável pela reforma do prédio que antes pertencia à paróquia da Catedral.

É nomeado pelo Papa João Paulo II, como bispo Coadjutor em 06 de julho de 1988 e no dia 07 de setembro, no Ginásio da Escola Imaculada Conceição é Sagrado Bispo Coadjutor da Diocese de Dourados.
Com a renúncia de Dom Teodardo, no dia 13 de maio de 1990, assume a titularidade do governo da Diocese de Dourados. E de 1990 a 2001, como bispo implanta na diocese as conclusões do Sínodo. Destacando a valorização do laicato em todas as instâncias. Implantando os Conselhos de Pastorais (CCP), Paroquiais (CPP), Foraniais (CFP) e Diocesano (CDP), além dos Conselhos Econômicos e Presbiteral, o Colégio de Consultores. Reformou novamente a Catedral, Cúria Diocesana, esta última organizando o seu funcionamento internamente. Transforma uma área rural próxima da cidade em local de lazer e retiro, atualmente este local transformou na Casa do Clero Diocesano. Um grande incentivador da pastoral de conjunto, da valorização e formação dos leigos e da promoção humana.


Foi Presidente da CNBB no Mato Grosso do Sul – Regional Oeste 1, no período de 1991 a 1999. Em 1994 funda o Centro de Integração do Adolescente “Dom Alberto” – CEIA, instituição que abriga crianças e adolescentes por meio período, oferecendo alimentação, reforço escolar, lazer, cursos gratuitamente. Já em 1997 funda juntamente com o Padre Edson e um grupo de leigos a Casa da Esperança, uma instituição que tem como objetivo ajudar jovens e adultos na recuperação de dependentes químicos.

Em 1998, inaugura um prédio comercial na Avenida Marcelino Pires, com objetivo de ajudar no custeio das despesas com a formação de futuros padres. E neste mesmo ano institui na diocese o Diaconato Permanente, com a ordenação no dia 15 de agosto na Catedral de três diáconos: Alceu, Argemiro e Nilson. Em 2000, inaugura o Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida na Vila São Pedro, no dia junho, festa do padroeiro da diocese, Sagrado Coração de Jesus. Faz reforma na Cúria Diocesana.

Em 2001 deixa o governo da Diocese, transmitindo o cargo ao seu sucessor Dom Redovino em 05 de dezembro. Passa a residir numa casa de madeira, simples, modesta, ao lado do Seminário Diocesano. De 2002 a 2008 auxilia Dom Redovino na administração do Sacramento da Crisma.

Em 2006 recebe em Campo Grande, dia 29 de junho, o título de “Cidadão Sul Mato-grossense” pela Assembléia Legislativa do Estado, uma indicação do Deputado Valdenir Machado.

No dia 08 de fevereiro de 2009, na Catedral Diocesana Imaculada Conceição, Dourados, aconteceu a Missa de Ação de Graças pelos 55 anos de vida missionária no Brasil. Dos quais 25 anos na diocese de Dourados. Dias depois retorna à sua terra natal, Alemanha, lá reside numa Casa Religiosa que cuida de pessoas idosas. Ajuda, como diretor espiritual, confessor e preside a missa na casa. Lá vai ajudar até quando puder; quando não puder mais ele será ajudado pelas irmãs religiosas. Quando veio ao Brasil trouxe consigo duas malas, o mesmo fez ao retornar à sua pátria depois de viver 55 anos, retornou levando duas malas com seus pertences. Uma vida bem vivida, um exemplo de serviço, amor gratuito e solidário. Um missionário que vive na obediência ao mandato de Jesus. Somos muito grato por esta vida dedicada a serviço aos irmãos.

No ano passado tem uma experiência de Deus na doença, foi acometido por câncer no intestino e seguido de pneumonia, foi internado no hospital no dia 22 de fevereiro, passando por cirurgias, ficando três meses na UTI, depois mais 6 semanas no hospital em recuperação. Com a graça de Deus, fé e a vontade de viver, se recuperou e praticamente esta levando uma vida normal, desde julho, quando saiu do hospital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSTAGRAM
Namoro entre sertanejos Fernando e Maiara termina e fãs especulam motivos
CAPITAL
Denúncia leva PM até casa onde traficantes escondiam 850 quilos de maconha
CAMPO GRANDE
Homem é agredido pela ex-mulher após recusar reatar relacionamento
POLÍCIA
Casal contrato para levar maconha até Campo Grande é preso em Dourados
PALESTRA
SAD integra atividades da Semana Nacional dos Arquivos
POLÍCIA
Após cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação na reserva indígena de Dourados
POLÍCIA
Paranaense é preso com droga na rodoviária de Dourados
POLÍTICA
Bolsonaro anuncia que Brasil foi aceito como aliado extra-Otan
CAPITAL
Motorista perde controle em curva, atravessa pista e capota na MS-080
DOURADOS
Homem assalta mercado e leva R$ 200 no residencial Monte Carlo

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia