Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Delcídio trabalha para ampliar piscicultura no estado de MS

23 maio 2011 - 13h52

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) vai fazer gestões junto ao governo federal para liberar R$ 10 milhões já previstos no Orçamento da União de 2010 e apresentar uma nova emenda, de valor ainda maior, para investimentos na cadeia produtiva da pesca em Mato Grosso do Sul, especialmente em pesquisa e assistência técnica, além da instalação de câmaras frias em diferentes regiões do estado, o que dará aos piscicultores a oportunidade de ampliar a produção de pescado e atrairá novas empresas para expandir o setor.

“Mato Grosso do Sul tem um potencial enorme para o crescimento da piscicultura. Eu não tenho dúvida que, com mais investimentos e muito trabalho, nós podemos nos igualar ou quem sabe até suplantar Santa Catarina, maior produtor nacional de pescado. E esse é um esforço que vai beneficiar o pais como um todo porque é inadmissível que o Brasil, que tem 13% da água doce do planeta, não seja o maior produtor de pescado do mundo. Hoje, ainda perdemos para o Peru e para o Chile que não possuem os rios nem o litoral que o Brasil tem”, ponderou o senador, ao participar nesta segunda-feira, 23, da assinatura de convênios e entrega de equipamentos promovida pelo Ministério da Aqüicultura e Pesca na sede do SEBRAE, em Campo Grande. A solenidade contou com a presença da ministra Ideli Salvatti, que foi colega de Delcídio no Senado como senadora do PT por Santa Catarina.

A ministra liberou recursos para a Associação dos Produtores Orgânicos do Estado do Mato Grosso do Sul e a Consultoria e Assessoria para a Agricultura Familiar (SECAF), decorrentes do edital de Assistência Técnica para os Aquicultores do Território da Grande Dourados, cuja primeira parcela é de R$ 228 mil. Ideli também assinou termo de permissão de uso para a implantação de um telecentro na Colônia de Pesca Z-07, em Aquidauana, que passará a contar com recursos de informática e acesso à Internet.

A ministra entregou ainda seis kits Feira do Peixe, que são módulos para facilitar a comercialização de pescado. Estes módulos são equipados com tenda metálica desmontável, balcão, caixas térmicas, balança e outros dispositivos. Os kits irão beneficiar a Cooperativa MS Peixe, do município de Dourados, a Colônia de Pescadores Z-03, de Três Lagoas e a Associação dos Pescadores da Vila Nova Porto XV de Novembro, em Bataguassu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PASSOU MAL
Fernanda Montenegro é hospitalizada no Rio de Janeiro
DUPLICAÇÃO
Concessão da BR-163 pode passar por revisão contratual
DOURADOS
Palestra com ênfase na cobrança do ICMS será realizada em março
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos
BRASIL
Fachin vota para enquadrar homofobia como crime de racismo
FRONTEIRA
Técnico de informática é alvo de atentado após se meter em briga de casal
CULTURA
TVE Cultura homenageia Dino Rocha com exibição de “O Milagre de Santa Luzia”
ASSEMBLEIA
Aprovada comissão de divisas territoriais e regularização fundiária
REIVINDICAÇÃO
Reinaldo Azambuja reforça necessidade da regularização fundiária em MS
INTERNACIONAL
Maduro diz que fechará fronteira da Venezuela com o Brasil nesta quinta

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher que encomendou morte de marido é transferida para presídio
JARDIM PIRATININGA
Recém-nascida é encontrada sob tanque de lavar roupas em Dourados
DOURADOS
Investigado por estupro de enteadas, homem é preso com pornografia infantil no celular
DOURADOS
Para não ser preso, foragido do Semiaberto entra em luta corporal com guarda municipal