Menu
Busca sexta, 06 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221

Delcídio trabalha para ampliar piscicultura no estado de MS

23 maio 2011 - 13h52

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) vai fazer gestões junto ao governo federal para liberar R$ 10 milhões já previstos no Orçamento da União de 2010 e apresentar uma nova emenda, de valor ainda maior, para investimentos na cadeia produtiva da pesca em Mato Grosso do Sul, especialmente em pesquisa e assistência técnica, além da instalação de câmaras frias em diferentes regiões do estado, o que dará aos piscicultores a oportunidade de ampliar a produção de pescado e atrairá novas empresas para expandir o setor.

“Mato Grosso do Sul tem um potencial enorme para o crescimento da piscicultura. Eu não tenho dúvida que, com mais investimentos e muito trabalho, nós podemos nos igualar ou quem sabe até suplantar Santa Catarina, maior produtor nacional de pescado. E esse é um esforço que vai beneficiar o pais como um todo porque é inadmissível que o Brasil, que tem 13% da água doce do planeta, não seja o maior produtor de pescado do mundo. Hoje, ainda perdemos para o Peru e para o Chile que não possuem os rios nem o litoral que o Brasil tem”, ponderou o senador, ao participar nesta segunda-feira, 23, da assinatura de convênios e entrega de equipamentos promovida pelo Ministério da Aqüicultura e Pesca na sede do SEBRAE, em Campo Grande. A solenidade contou com a presença da ministra Ideli Salvatti, que foi colega de Delcídio no Senado como senadora do PT por Santa Catarina.

A ministra liberou recursos para a Associação dos Produtores Orgânicos do Estado do Mato Grosso do Sul e a Consultoria e Assessoria para a Agricultura Familiar (SECAF), decorrentes do edital de Assistência Técnica para os Aquicultores do Território da Grande Dourados, cuja primeira parcela é de R$ 228 mil. Ideli também assinou termo de permissão de uso para a implantação de um telecentro na Colônia de Pesca Z-07, em Aquidauana, que passará a contar com recursos de informática e acesso à Internet.

A ministra entregou ainda seis kits Feira do Peixe, que são módulos para facilitar a comercialização de pescado. Estes módulos são equipados com tenda metálica desmontável, balcão, caixas térmicas, balança e outros dispositivos. Os kits irão beneficiar a Cooperativa MS Peixe, do município de Dourados, a Colônia de Pescadores Z-03, de Três Lagoas e a Associação dos Pescadores da Vila Nova Porto XV de Novembro, em Bataguassu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha semana em queda seguindo cenário externo
MINISTÉRIO DO TRABALHO
Usina em MS vai investir em projetos sociais para compensar irregularidades
BRASIL
Receita apreende 95 kg de cabelo humano e sintético em aeroporto
MÚSICA
Rock Solidário acontece hoje em Dourados com a participação de artistas locais
MATO GROSSO DO SUL
Modelo em gestão, turismo de MS ganha dois prêmios nacionais
CORUMBÁ
Mulher é resgatada de helicóptero após ser atacada por búfalos
EDUCAÇÃO
Resultado do Encceja já pode ser consultado no site do Inep
FESTIVAL JATOBÁ
Festival em meio a 'reserva natural' dentro de Dourados terá nomes da música local
DOURADOS
Matrículas na Rede Municipal de Ensino começam na segunda-feira
BRASIL
Pesquisa revela crescimento de 74% dos alunos de pós-graduação no país

Mais Lidas

POLÍCIA
Morto em ação policial no MS era afamado como líder do novo cangaço
FRONTEIRA
Quatro assaltantes de carro-forte são mortos em confronto com a polícia
DOURADOS
Júri condena a 64 anos de prisão cinco réus por atentado contra empresário
PIONEIRO
Conhecido por entregar leite na região do Água Boa, Bruno de Brum morre em Dourados