Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
COMER BEM

Restaurante Cheiro Verde entra em recesso

30 dezembro 2019 - 08h57Por Criafix

Informamos que o Restaurante Cheiro Verde estará de recesso do dia 17/12/2019 até o dia 05/01/2020, retornando às atividades no dia 06/01/2020 (segunda-feira).

Agradecemos a compreensão desde já, e desejamos a todos um Próspero Ano Novo! Que 2020 seja um ano repleto de paz, alegria, prosperidade e muito sucesso para todos nós.

Cheiro Verde aproveita a ocasião para agradecer pelo ano que passou, que foi de muitas realizações. E agradecer também a todos que estiveram conosco nesta caminhada.

Que este final de ano seja um convite para refletirmos sobre o que foi feito durante este período e reforçar a importância de nunca deixar de acreditar, acreditar que tudo pode mudar e que nem sempre essa mudança vai ser como planejamos, mas que a cada dia seja uma oportunidade de fazer diferente.

Boas festas!


 @cheiroverde_restaurante

 

 Cheiro Verde

 

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Padrasto é denunciado após passar a mão na perna de enteada
JOGOS DE TÓQUIO
Coronavírus faz Japão cancelar evento-teste de judô paralímpico
DETRAN
Nova portaria possibilita ampliação do número de ECV´s em MS
SAÚDE
Exame dá negativo a 1º caso suspeito de coronavírus em MS; saúde aguarda contraprova
GOVERNADOR
Bruno Covas inicia imunoterapia para tratamento de câncer
REGIÃO
Homem é a 13ª vítima fatal da dengue no Estado em 2020
JARDIM ÁGUA BOA
Cofre furtado de mercado é encontrado em obra; ladrões levaram mais de R$ 3 mil
MATO GROSSO DO SUL
Em dois anos, Defensoria Pública do Estado ajuizou 381 ações contra concessionária
PIRACEMA
Apreensões durante operação chega a 859kg de pescado
DOURADOS
Procon fiscaliza venda irregular de azeite e milho em conserva em supermercados

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira