Menu
Busca quarta, 20 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
CAPITAL

Cozinha pantaneira é destaque da Semana Nacional da Gastronomia e Turismo

29 junho 2015 - 16h27

A famosa e apreciada comida pantaneira, servida tradicionalmente nas comitivas do interior de MS, será degustada pelos participantes da Semana Nacional de Gastronomia e Turismo que acontecerá entre os dias 29 de junho a 02 de julho, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

A cozinha pantaneira será levada ao evento pelo Senar/MS - Serviço de Aprendizagem Rural, com o objetivo de mostrar como é a alimentação e as tradições envolvidas nas comitivas. O evento é promovido pelo Senac/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Fecomércio MS - Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e Sebrae MS - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

Quem é o responsável por elaborar os pratos que serão servidos no evento é o peão-pantaneiro e chefe de cozinha, Hélio Martins Lopes, mais conhecido como Helinho, que trabalha com a comida pantaneira há dezessete anos e já tem os seus pratos conhecidos inclusive internacionalmente. "Trabalhei em comitivas por doze anos, nos municípios de Aquidauana e Miranda".

Lopes afirma que os principais componentes da alimentação oferecida aos trabalhadores rurais durante o transporte dos animais são o alho, a carne seca, o arroz, o macarrão e a farinha. "A tradição na hora da alimentação deve ser respeitada. De forma silenciosa, o peão serve a comida dentro do rancho, não entra sem chapéu e ao pegar o prato e a colher, abre a panela e segura a tampa com a mesma mão onde está o prato. Jamais deixa a panela destampada", ressalta.

O 'macarrão relaxado' é um dos pratos que Helinho faz questão de ensinar para quem quer fazer em casa uma das delícias da comida pantaneira. Apesar do nome, a receita simples é garantia de uma boa comida caseira, de muito sabor. "O cozinheiro frita a carne, como se fosse fazer o carreteiro, coloca alho e o macarrão tipo espaguete quebrado em quatro partes, coloca água e deixa cozinhar por dez minutos .É rápido e delicioso".

Um cardápio tradicional foi elaborado por Helinho especialmente para a Semana Nacional de Gastronomia e Turismo. Na segunda-feira (29), será servido o famoso arroz carreteiro e macarrão com carne seca. No dia 30, além do arroz carreteiro, os participantes poderão degustar o guisado de mandioca. No dia 1º, será servido macarrão com linguiça e paçoca e, no último dia, o chefe elaborará o arroz com linguiça e paçoca.

Delícias regionais - Além da cozinha pantaneira, o Senar/MS levará à Semana Nacional de Gastronomia e Turismo algumas delícias regionais produzidas por alunos e produtores rurais que participam de projetos e cursos da instituição. Os participantes do evento poderão conhecer brigadeiro de baru, de pequi e de bocaiuva, geleia de hibisco, farinha de jatobá.

A feira terá espaço para degustação e comercialização de produtos como queijos, pão de jatobá e abóbora madura, derivados de mel, além da venda de produtos in natura como berinjela, mandioca, maxixe e caxi, cultivados por produtores familiares do Estado. Os produtos listados serão fornecidos pelos produtores rurais familiares atendidos com assistência técnica e extensão rural do Senar/MS, boa parte integrantes do ‘Hortifruti Legal’, um projeto de produção assistida que leva soluções para problemas identificados tanto na produção, como na comercialização e industrialização dos produtos.

De acordo com o superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, o evento será uma oportunidade de fortalecer tanto o trabalho dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul como produtos da culinária ainda desconhecidos pela população. "A feira é um espaço para demonstrar a capacidade empreendedora do pequeno produtor", argumenta Beretta.

A Semana Nacional de Gastronomia e Turismo acontece no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, na Capital, entre os dias 29 de junho e 02 de julho. Durante os quatro dias de evento, serão oferecidos ao público palestras, rodadas de negócios, consultorias, mostra de agricultores, cozinha show, além do Enchefs e a entrega do Prêmio Dólmã, o prêmio máximo da gastronomia brasileira. A entrada é gratuita e aberta ao público. Para participar é preciso fazer o credenciamento no site [www.ms.senac.br/sngt](http://www.ms.senac.br/sngt/) ou no local do evento. No site também é possível consultar a programação completa da Semana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Pistoleiros atacam suboficial na fronteira
DOURADOS
Mulher que encomendou morte de marido é transferida para presídio
THETAHEALING
Capital sedia curso sobre cura energética no final de semana
EM BRASÍLIA
Reforma da Previdência deve incluir interesses de estados e municípios, diz Reinaldo Azambuja
SUSTO
Cascavel é capturada em cômodo de casa na Capital; veja vídeo
DARUK
PF prende homem em operação contra pedofilia em MS
BRASIL
MEC vai rever texto da base de formação de professores
ASSEMBLEIA
Cota zero volta a ser debatida com sugestão de autorização para captura de jacarés
CAMPO GRANDE
Veneno em carne crua mata cinco animais na Capital
BRASIL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep

Mais Lidas

CRIME EM 10 DE FEVEREIRO
Acusados de matar jovem a facadas em Dourados se apresentam à polícia
DOURADOS
"Lata de sardinha": universitários sofrem com ônibus lotados para chegar até Universidades
TRÁFICO
Trio é preso com mais de meia tonelada de cocaína
DOURADOS
Polícia busca imagens para chegar a motociclista que atropelou e matou criança