Menu
Busca quinta, 20 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Bodas de Ouro

30 maio 2011 - 08h42

Nesta semana vou pedir licença a você porque o único assunto que posso abordar aqui é o das Bodas de Ouro do meu casamento já que, na semana que passou meus pensamentos só obedeciam ao que determinava meu coração, minha emoção.

Não houve espaço para outra coisa e se havia a emoção se encarregava de desordenar os pensamentos. Foi assim toda minha semana e, evidentemente, assim foram muitas semanas de minha esposa. E, ainda por cima, a ansiedade apertando nosso coração por sabermos da chegada de filhos e netos.

Foi a nora Aline que pelo telefone tirou um pouco da angústia ao confessar que as fortes dores que se manifestavam em minha esposa por conta de uma inflamação dentária poderiam ser “coisas de mulher”. “Nós mulheres somos assim, quando ficamos ansiosas comemos demais, ou temos dores de cabeça terríveis, ou, então, não conseguimos ficar quietas”, disse-me ela. Acreditei porque eu mesmo, dominado pela emoção, não estava conseguindo controlar nem mesmo um bom ritmo no meu coração.

E para manter certa tranquilidade nos propusemos, tanto durante a Missa como na festa, onde estariam presentes apenas filhos, netos e alguns poucos amigos, que não haveria surpresas. Aliás, pra quê surpresas? Pra quê aumentar as emoções se já estavam tão alteradas?

Que nada! As surpresas começaram com o cerimonial litúrgico da Missa. Alguém da família se apresentou paramentado para exercer as funções de Ministro da Eucaristia. Meu bom Deus, nem sabia dessa virtude de Márcio Andrade. Esse gesto, para ele, até pode ter sido apenas uma demonstração de carinho, mas em nós foi como a primeira onda de um tsunami invadindo nossos corações e marejando nossos olhos.

Frei Aguinaldo com belas palavras colocadas sobre as leituras e o próprio Evangelho foi conduzindo-nos ao passado e justificou o porquê de termos conseguido chegar às Bodas de Ouro. Belas palavras que nos emocionaram. Mas, pensando bem, não foram tantos sacrifícios assim feitos, não. Pelo menos por mim – quem sabe foi para ela; ainda vou perguntar-lhe.

Após o final da Missa, para justificar a importância de um acontecimento desses, o afilhado e sobrinho Neri nos diz que, no mundo todo, apenas três casamentos em cada mil completam Bodas de Ouro.

Depois veio a festa e me pareceu que ali teria tudo para aliviar um pouco a emoção, mas bem no início, a filha Luciana, pediu para apresentar um vídeo. Vídeo que em seguida se revelou a segunda grande onda do tsunami. A verdade é que fomos levados, minha esposa e eu, a mergulhar no passado de nossas vidas.

Ufa! Foi difícil controlar a emoção, ou comoção, nem sei bem definir aquela sensação de me sentir sufocando. Mas aos poucos entendi que tentar conter as lágrimas, além de não conseguir fazê-lo, poderia parar de vez meu combalido coração.

Assim, deixei que rolassem as lágrimas enquanto voltava ao passado vendo-me em imagens antigas. Minhas fotos nas formaturas em colégio; meus pais; minha família; minha juventude e... Nosso casamento! Dei-me conta que aquele ontem aconteceu há cinquenta anos. Minha Nossa! Como ela estava linda!

Quem demoliu o restante das estruturas organizadas no cérebro foi o sobrinho Ricardo com seu espontâneo depoimento. Muito difícil, realmente foi muito difícil conter a comoção enquanto se sucediam os testemunhos dos filhos e netos.

Foi no depoimento deles que vi a importância dessas Bodas de Ouro – porque foram cinquenta anos compartilhados. Ou melhor, somados, já que juntos vivemos a vida um do outro. Além do mais, ainda tenho de reconhecer que sozinho não teria chegado até aqui. E nisso está a razão de tanta emoção. Estou vendo nela, minha esposa, este mesmo sentimento e, por isso, posso dizer que estamos felizes com nossas Bodas de Ouro!



*Membro da Academia Douradense de Letras; foi vereador, secretário do Estado e deputado federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Bandidos invadem casa e rendem família durante jantar
RIO BRILHANTE
Mulher encontra filhote de lobo-guará ferido no quintal de casa
CORONEL PONCIANO
Paranaense é presa em Dourados com pedra pura de crack
CUMPRIMENTO DE MANDADOS
Polícia faz ação contra o tráfico de drogas em Dourados
DESCASO
ONU apela para que indígenas tenham mais atenção das autoridades
CAPITAL
Carreta que saiu de Dourados tomba após motorista perder o controle
LAGUNA CARAPÃ
Pernambucanos são presos na região por “golpe da dedetização”
BRASIL
Ipea confirma tendência ao desalento no mercado de trabalho
DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
TRÁFICO
Mulher é presa com tabletes de maconha que iriam para Goiás

Mais Lidas

DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida
BR-163
Acidente envolvendo caminhão e caminhonete deixa dois em estado grave e um morto
DOURADOS
Ladrão é amarrado por populares após tentar roubar bolsa de mulher