Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
ARQUITETURA&DESIGN

Para cada ambiente, uma iluminação específica

25 setembro 2017 - 08h50

O projeto de iluminação de um ambiente vai além de ser um elemento decorativo. Feito de maneira inteligente e criativa, as luzes podem despertar sensações, criar diversos cenários e tornar o local aconchegante e tranquilo. Uma boa iluminação em uma loja de roupas, por exemplo, pode ser a chave do sucesso para o comerciante dobrar suas vendas. Já em um escritório, ela pode ser fundamental na produtividade e no desempenho dos funcionários. Seja onde for, a iluminação na arquitetura é fundamental para criar ambientes coesos.

Iluminação residencial

Uma casa possui vários cômodos que demandam distintas formas de iluminação. Portanto, pensar quais atividades serão realizadas em cada ambiente é o primeiro passo para entender qual tipo de luz será utilizada.

A sala de estar e os dormitórios, que são lugares para descanso, tranquilidade e lazer, combinam mais com lâmpadas amareladas e quentes. Esse tipo de luminosidade desperta aconchego e não cansa a visão.

Por outro lado, para a cozinha, os banheiros e a área de serviço, o ideal é apostar nas lâmpadas de luminosidade fria. Esse tipo de iluminação estimula mais a concentração e não provoca sombras. Lâmpadas fluorescentes são uma boa combinação, além de terem uso bastante prolongado.

Iluminação corporativa

Os escritórios são espaços de concentração e produtividade, e geralmente são lugares onde passamos bastante tempo do nosso dia. Por isso, uma boa iluminação se torna imprescindível para o desempenho profissional.

O ideal é apostar em luminosidade fria. As lâmpadas de LED trabalham com o diodo emitindo luz e, apesar de serem mais caras que as convencionais, gastam muito menos energia, têm durabilidade maior e seu design é bastante moderno.

Iluminação comercial

Você já deve ter notado que algumas lojas despertam mais a nossa vontade de entrar do que outras. A iluminação pode ser um fator decisivo para essa sensação. Cada negócio, seja ele do ramo varejista, industrial ou de serviços, precisa de um projeto de iluminação específico para atender às demandas e necessidades do cliente.

Uma farmácia ou uma loja do ramo da saúde, por exemplo, precisa de luzes fortes, brancas e que sejam claras o suficiente para que o cliente consiga ler especificamente o produto que deseja.

Já em lojas de roupas ou artigos de decoração, o ideal é criar um jogo de luzes que valorizem os itens à disposição. É muito comum utilizar luz geral (iluminando todo o ambiente) e luz focal (iluminando uma parte específica do espaço), criando um cenário memorável e único.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Senado aprova regulamentação da profissão de cuidador de idosos
CRIME AMBIENTAL
Paranaense é autuado em R$ 12 mil por armazenamento de madeira ilegal
CONCURSO
IBGE lança edital com 209 vagas de recenseador e agente censitário
CAPITAL
Travesti é suspeita de matar vendedor de 48 anos com 14 facadas
SELEÇÃO
UEMS abre inscrições para processo seletivo de professores temporários
FRONTEIRA
Homem é preso com veículo adulterado e direção perigosa na MS-386
ADOLESCENTES
Governo vai lançar campanha de incentivo à adoção tardia
DOURADOS
Comemoração ao mês do Trabalhador terá ações na UEMS Dourados
PATRIMÔNIO LITERÁRIO
Chico Buarque ganha o Prêmio Camões 2019 pelo conjunto da obra
INOCÊNCIA
Polícia prende dupla por corrupção de menor e tráfico de drogas

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação