Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905
TOQUE VERDE

7 espécies de trepadeiras para ter dentro e fora de casa

09 maio 2019 - 09h37Por Casa Vogue

Elas sobem pelas paredes e muros, cobrem os pergolados e garantem o toque verde (ou florido) em casa. As trepadeiras são o sonhos de consumo dos adeptos da onda urban jungle já que elas provam que não existe limites para plantas. No geral, as espécies de videiras gostam de áreas externas e de lugares ensolarados, afinal, elas “escalam” superfícies em busca de luz. Além disso, este tipo de planta costuma usar outras espécies como suporte - há algumas espécies orquídeas e de rosas, por exemplo, que são trepadeiras, pois precisam se enroscar em alguma outra planta que dê suporte para crescer. Abaixo, listamos trepadeiras em que vale a pena investir no seu jardim.

Primavera (Bougainvillea)

Talvez uma das espécies mais populares de trepadeiras, as primaveras dão flores pequenas de várias cores (branco, amarela, rosa, roxo, etc). Natural da América do Sul, podem chegar a ter uma altura de 15 a 18 metros e costumam cobrir pergolados, churrasqueiras e portais. A espécie aguenta bem altas temperaturas, mas precisa de rega e podas de manutenção regulares.

Jibóia (Epipremnum pinnatum)

Esta espécie de trepadeira é indicada para ambientes internos já que vai bem na meia-sombra (preferencialmente). A jibóia não precisa de tanto de água e pode ser regada de duas a três vezes por semana no verão e de uma a duas vezes por semana no inverno. Ela é ideal para quem está começando um jardim porque é super resistente e de fácil manutenção. Além de subir as paredes, ela pode ser usada em vasos suspensos.

Alamanda-Amarela ou dedal de dama (Allamanda cathartica)


A flor amarelinha desta trepadeira arbustiva aparece praticamente o ano inteiro. Como é uma planta que gosta de sol pleno, ela é uma das espécies ideais para jardins e pergolados. No entanto, a alamanda amarela necessita de rega regular para ficar bonita.

Sapatinho de Judia (Thunbergia mysorensis)

Com flores amarelas e tons amarronzados, esta trepadeira folhagem bem ornamental em tom de verde escuro. Como a alamanda, precisa ser cultivada em sol pleno já que é uma planta tipicamente tropical. É uma espécie que enche os olhos em paredes verdes, pórticos ou jardins, além de atrair beija-flores.

Falsa vinha ou hera japonesa (Parthenocissus tricuspidata)


De origem asiática, a espécie é uma trepadeira com uma folhagem de vários tamanhos que lembra as folhas de videiras - por isso, o nome: falsa vinha. Ela possui gavinhas ramificadas, que permitem agarrar superfícies para seu crescimento e expansão. Vai bem em sol pleno ou a meia sombra e não requer tanta poda ao ano. Costuma ser usada para revestir muros. Em clima frio, as folhas caem, mas antes de cair a falsa vinha ganha tons acobreados ou roxos.

Unha de gato/Fícus (Ficus pumila)


Muito usada para cobrir muros e paredes externas, a unha de gato é uma trepadeira bastante resistente e que gosta de ambientes ensolarados. Quando é jovem, as folhas são pequenas e elas se fixam através das raízes adventícias (aéreas). Mais tarde, as folhas ficam maiores e mais robustas. A unha de gato pede poda mensal já que costuma crescer bastante.

Cipó-de-são-joão (Pyrostegia venusta)

Natural do Brasil, esta espécie costuma florescer nos meses de frio do hemisfério sul. As flores pequenas, mas longas e alaranjadas chamam a atenção no inverno. Bastante usada em festividades de São João (de onde vem o seu nome popular), ela é encontrada até em beira de estrada. Como a maioria das trepadeiras gosta de sol pleno e é capaz de cobrir paredes e pergolados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Globo dispensa Vera Fischer após 43 anos como estrela
TRAGÉDIA
MPF investiga operação que resultou na morte de João Pedro
MATO GROSSO DO SUL
Estado terá ponto facultativo no dia dos namorados
COSTA RICA
Motorista dirige caminhão em "zigue e zague" em rodovia e acaba preso
BRASIL
Após confusões em SP, manifestações estão proíbidas em avenida
PANDEMIA
“Há projeções de que o pior está por vir”, diz secretário após apresentar números da Covid
PANDEMIA
Com quase metade recuperados, MS monitora mais de mil pacientes de Covid
PANDEMIA
Dourados bate novo recorde e se aproxima de 500 casos de coronavírus
CAMPO GRANDE
Pai é suspeito de estuprar própria filha de cinco anos
BRASIL
Covid-19 é encontrado em 88% das amostras em esgoto da capital de Minas Gerais

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante