Menu
Busca Quinta, 19 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
UFGD - Outubro 2017
ECONOMIA

Dólar vira e fecha em queda de 0,22% após entrevista de Trump

11 Janeiro 2017 - 19h05

O dólar comercial fechou esta quarta-feira (11) em queda de 0,22%, cotado a R$ 3,192 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia fechado praticamente estável, com leve alta de 0,06%.

Com isso, o dólar volta a atingir o menor valor de fechamento desde 8 de novembro, quando terminou o dia valendo R$ 3,167.

O dólar operou em alta na maior parte do dia, mas passou a cair após o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, dar sua primeira entrevista coletiva desde que venceu a disputa pela Casa branca, em novembro.

Investidores temiam que Trump anunciasse medidas que pudessem acelerar inflação no país, o que não aconteceu e acabou trazendo certo alívio para o mercado.

De modo geral, a preocupação é de que a política econômica adotada por Trump impulsione a inflação e obrigue o Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) a elevar ainda mais os juros no país.

Com os juros maiores nos EUA, podem ser atraídos para lá recursos atualmente aplicados em economias onde as taxas são maiores, como a brasileira. Com isso, a tendência é o dólar subir por aqui. (Do UOL, com Reuters)

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUU!!!
Monick Camargo faz ensaio sensual
DOURADOS
Conselheiros do PreviD são homenageados com placas
EDUCAÇÃO
Parceria garante a alunos de MS intercâmbio em universidades do exterior
REGIÃO
Estudantes participam das Feiras de Ciência e Tecnologia do IFMS em dez municípios
BRASIL
MEC vai oferecer 80 mil vagas de residência pedagógica em 2018
COXIM
MPE quer suspensão de doação de terrenos feito por ex-prefeita
RETORNO
Na volta ao Senado, Aécio diz que trabalhará para provar inocência
ECONOMIA
Dólar fecha em leve queda sobre o real
SERÁ?
Após depoimento de Funaro, Dilma tenta anular impeachment no STF
TREVO DA BANDEIRA
Dupla é presa em Dourados com carros furtados em outros Estados

Mais Lidas

BATAYPORÃ
Carta deixada por pai que matou filha não tem relação com o crime
DOURADOS
Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso
MORTE NO DIOCLÉCIO
Autor de homicídio no Dioclécio se apresenta e alega legítima defesa
PROFANAÇÃO
Para "desfazer macumba", homem viola quatro sepulturas em cemitério