Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Você sabe por que Dourados é terra de Antônio João?

17 dezembro 2012 - 12h15

Eduarda Rosa

Antonio João Ribeiro, homenageado na principal praça de Dourados, citado no hino de Mato Grosso do Sul e com uma cidade com seu nome. Mas quem foi Antonio João?

Antônio João Ribeiro, herói da Guerra do Paraguai, derramou seu sangue na luta para defender o Brasil da invasão do país vizinho. Mesmo estando com apenas quatorze homens, enfrentou duzentos soldados paraguaios até a morte e proferiu a célebre frase: "Sei que morro, mas meu sangue e o dos meus companheiros servirá de protesto solene contra a invasão do solo de minha Pátria".

Tenente Antônio João

Nasceu em 24 de novembro de 1823, na Vila de Poconé, na época Província do Mato Grosso. Ingressou na carreira militar em 1841 e galgou graduações até ser promovido a 1º Tenente de Cavalaria, em 1860.

Antônio João desempenhou missões de campo, servindo em diversos destacamentos militares de fronteira, até ser comissionado como comandante da Colônia Militar dos Dourados, na qual morreu durante batalha na data de 29 de dezembro de 1864.




Colônia Militar dos Dourados

Contudo, a Colônia Militar dos Dourados, não era situada na cidade de Dourados, e sim onde hoje fica a cidade de Antonio João. Na época aquela região fazia parte do município de Ponta Porã, e o nome veio da proximidade com o rio que tinha muitos peixes dourados.

Essa e outras curiosidades foram respondidas em entrevista ao Dourados News, pelo advogado e estudioso da história de Antônio João, José Tibiriçá. Ele também conta, com base em um livro escrito por militares em 1938, que foi comprovado que o lugar onde Antonio João morreu, posteriormente foi construída a casa da bisavó de Tibiriçá.

“Quando foi confirmado que os restos mortais de Antônio João estavam embaixo da casa de minha bisavó, Carlota Gomes, viúva de João Luiz Gomes que também participou da Guerra do Paraguai, o exército pediu para que pudessem colocar uma cruz em frente à casa dela, e foi rezada uma missa campal”, conta Tibiriçá.


Anos depois, uma tia avó de Tibiriçá, doou 30 hectares de suas terras para a criação do museu dedicado a história do herói de guerra, que fica no município de Antônio João, situada a 173 km de Dourados.




Então, segundo historiador Carlos Magno Mieres Amarilha, “pode ter havido uma confusão do nome da Colônia Militar dos Dourados (região de Antonio João, Aral Moreira e Ponta Porã), a Colônia Municipal de Dourados (de onde surgiu a cidade de Itaporã e os distritos) e a Colônia Agrícola Federal de Dourados (onde foi criada as cidades de Douradina, Fátima do Sul, Ivinhema e outros), e com esta confusão acabou sendo colocado o símbolo de Dourados, que é colocado como ‘Terra de Antonio João’, descaracterizando a situação real”.

Foto: Eduarda Rosa
Essa foto foi tirada aproximadamente nos anos 60,foto da praça Antonio João. Esse e meus arquivos antigos que eu e minha familia tem, meus avôs chegaraõ em Dourados Nos anos de 1949,em busca de terras na epoca que Getulio Vargas divido a colonia agricula, em Indápolis na linha do Laranja Lima,Manoel Marques meu avô materno e Manoel Grigorio meu avô paterno,minha familia estao a 63 anos em Dourados. César Lima - Indápolis e Vila São Pedro MS
Foto da fonte defronte à Igreja Matriz, sem data definida, provavelmente da década de 70. Arquivo de família (Carmos Azambuja Pires e Rosalda Gomes Pires) Enviada por Ronan Gomes Pires
Foto: Estevam Fernandes de Lima Neto Praça Antonio João

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMENAGEM
Renato Câmara entrega medalhas aos agentes da segurança pública de Dourados
DEFRON
Traficante condenado a mais de 12 anos é preso em Dourados
EDUCAÇÃO
Acordo formaliza implementação do projeto MPT na Escola
EX-PRESIDENTE
STF marca julgamento de pedido de liberdade de Lula para o dia 26
DIVERSIDADE
Abertura da 2ª Mostra LGBTIQ+ de Cinema será nesta sexta-feira
PARQUE DOS JEQUITIBÁS
Délia recebe moradores e apresenta investimento de R$ 3 milhões
ATENTADO CONTRA DIRCEU BETTONI
Sigilos bancário e telefônico de presos serão quebrados
TRÂNSITO
Recusas ao bafômetro superam flagrantes por dirigir bêbado nas rodovias federais
FALHA TECNOLÓGICA
Google vai corrigir falha no Chromecast que mostra localização de internautas
TRONCO E CONTENÇÃO PARA OVINOS
Invenção que otimiza ovinocultura é 2ª patente concedida à UFGD

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família