Menu
Busca quinta, 25 de abril de 2019
(67) 9860-3221

Vítima de acidente de trânsito em Ponta Porã morre no Hospital da Vida

27 maio 2011 - 11h44

Manoel Antônio Fernandes, 41 anos, morador de Ponta Porã, morreu na manhã desta sexta-feira |(27), no Hospital da Vida, em Dourados, vítima de um acidente de trânsito.

Conforme informações da esposa da vítima, Rufina Benites de Romero, 43 anos, no dia 23 de maio, às 20h, seu marido chegou em casa, no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã, alegando que tinha machucado a cabeça após uma queda de moto. Mas, sem explicar os detalhes do acidente, Manoel foi dormir.

No dia seguinte, a esposa percebeu que ele estava desacordado e o encaminhou para o Hospital de Ponta Porã. No entanto, em virtude da gravidade dos ferimentos, Manoel foi trazido para o Hospital da Vida, em Dourados, onde permaneceu internado até esta sexta-feira, onde faleceu.

O caso será registrado na Polícia Civil para averiguação dos fatos, uma vez que não há informações acerca do acidente.





Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem suspeito de estuprar sobrinhas durante 3 anos é preso
EMPREGO
JBS abre vagas de trainee nas regiões Sudeste e Centro-Oeste
CAPITAL
Gestante e filho de 7 anos são resgatados após enxurrada cobrir carro
UEMS
Curso de Pedagogia realiza encontro brincante no próximo sábado
CORUMBÁ
Adolescente morre após bater a cabeça durante partida de futebol
PRÉ-HABILITADOS
Vale Universidade divulga lista de aprovados e convoca para nova etapa
CAMPO GRANDE
Suspeito de matar enteada por “tchau irônico” é preso após 4 anos
LAVA JATO
PGR cobra de Delcídio parcela de R$ 85 mil do acordo de delação
PEDRO JUAN
Estudantes brasileiros são expulsos do Paraguai e entregues à PF
JUSTIÇA
Fabricante de aparelho defeituoso é condenada por danos morais

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado com oito tiros no Jardim Pantanal
DOURADOS
Vídeo mostra momento em que carona desce da moto e executa dono da lava-rápido no Jardim Pantanal
DOURADOS
Homem é assassinado no Jardim Pantanal
PEDRO JUAN
Agente penitenciário é executado na fronteira