Menu
Busca domingo, 23 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Vítima de acidente de trânsito em Ponta Porã morre no Hospital da Vida

27 maio 2011 - 11h44

Manoel Antônio Fernandes, 41 anos, morador de Ponta Porã, morreu na manhã desta sexta-feira |(27), no Hospital da Vida, em Dourados, vítima de um acidente de trânsito.

Conforme informações da esposa da vítima, Rufina Benites de Romero, 43 anos, no dia 23 de maio, às 20h, seu marido chegou em casa, no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã, alegando que tinha machucado a cabeça após uma queda de moto. Mas, sem explicar os detalhes do acidente, Manoel foi dormir.

No dia seguinte, a esposa percebeu que ele estava desacordado e o encaminhou para o Hospital de Ponta Porã. No entanto, em virtude da gravidade dos ferimentos, Manoel foi trazido para o Hospital da Vida, em Dourados, onde permaneceu internado até esta sexta-feira, onde faleceu.

O caso será registrado na Polícia Civil para averiguação dos fatos, uma vez que não há informações acerca do acidente.





Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios amostra corpo sequinho de biquíni em dia de piscina
UFGD
Com mais de 1.200 trabalhos inscritos, Enepex começa terça-feira
FRONTEIRA
Polícia apreende mais de R$ 300 mil em eletrônicos em para-choque
ELEIÇÕES 2018
Campanha de Delcídio divulga Nota sobre impugnação de candidatura
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com carregador e 20 chips nas partes intimas em presídio
TEMPO
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
MEIO AMBIENTE
Mineradora é autuada e fechada por extração ilegal de areia
ELEIÇÕES 2018
A partir de hoje, candidatos só podem ser presos em flagrante
CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando