Menu
Busca domingo, 13 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Vereadores presos se “revezavam” há oito anos em cargos da Mesa Diretora da Câmara

05 dezembro 2018 - 18h50Por Gizele Almeida

Idenor Machado (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB), vereadores presos na Operação Cifra Negra desencadeada na tarde desta quarta-feira (05)  “revezaram” cadeiras na Mesa Diretora da Câmara Municipal de Dourados durante anos. Além deles, o ex-vereador Dirceu Longhi (PT) outro preso na Operação, também já fez parte de composições anteriores. 

O Dourados News levantou em arquivos da Casa de Leis que na gestão de 2011 e 2012 quem esteve a frente da presidência da Câmara tão logo assumiu o cargo como vereador foi Idenor Machado. Ele acabou reeleito para a função no biênio de 2013 a 2014 e posteriormente comandou o legislativo entre 2015 e 2016. 

Em 2011 e 2012, o vereador petista Dirceu Longhi atuou como 1° Secretário. 

Para o biênio de 2013/2014, Longhi foi mantido na função, bem como já citado, Idenor no cargo de presidente e como segundo secretário assumiu Pedro Pepa. 

Esse quadro da mesa diretora se manteve para o biênio de 2015/2016 da casa de leis. 

Cirilo Ramão Cardoso (MDB) já ocupou o cargo da vice-presidência da mesa diretora da Câmara. A função foi exercida nos anos de 2015 e 2016. 

Mesa diretora atual 

O comando atual da Câmara Municipal conta com Daniela Hall (PSD) na presidência, Sérgio Nogueira (PSDB) na vice-presidência. Dois dos vereadores presos se mantiveram na Mesa, Pedro Pepa (DEM) como 1° secretário e Cirilo Ramão (PMDB) como 2° secretário.

Eleição  

Na sexta-feira (07), está marcada a eleição da Mesa Diretora da Casa de Leis. Pedro Pepa havia se colocado como opção para a presidência e concorreria com Alan Guedes (DEM). 

Na chapa do vereador que foi preso, estão: Junior Rodrigues (PR) como vice-presidente, Silas Zanata (PPS) como 1° secretário e Cirilo Ramão como 2° secretário. 

Já a chapa do vereador Alan Guedes, tem como vice o vereador Elias Ishy (PT), como 1° secretátio o vereador Sérgio Nogueira (PSDB) e como 2ª secretária a vereadora Daniela Hall (PSD). 

Investigações 

A ação realizada em conjunto entre a 16ª Promotoria de Justiça e a delegacia do 2º Distrito Policial de Dourados, teve alvos ainda em Campo Grande. Ao todo, são 10 mandados de prisão e um de busca e apreensão nas duas cidades, expedidos pelo juiz da 1ªVara Criminal, Luiz Alberto de Moura Filho.  

De acordo com nota encaminhada à imprensa, a ação é originária de outras duas operações, a Telhado de Vidro e a Argonautas – deflagradas em 2013 em 2014 - e que investiga crimes de colarinho branco. 

Na Câmara de Dourados, as investigações apontam para corrupção ativa e passiva. 

Conforme o Ministério Público, em diversos processos licitatórios realizados nos anos anteriores dentro da Casa, empresas consideradas como ‘cartas marcadas’ se apresentavam e atuavam em conluio. 

Algumas delas, conforme o MPE, existiam apenas no papel para simular uma concorrência legal. 

“Sem a devida concorrência, os valores dos contratos oriundos destes processos se faziam exorbitantes”, diz trecho da nota. 

Propinas

Ainda de acordo com o Ministério Público Estadual, para garantir o esquema, essas empresas repassavam na época, valores aos vereadores a título de propina.  

Atualizada às 08h50 de 06/12/2018

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bebê é sexta vítima de acidente na Via Dutra, sentido Rio de Janeiro
Unicef
26% das adolescentes brasileiras casam-se antes dos 18 anos
MS 42 ANOS
Identidade do Estado revela “Brasil profundo” nas artes plásticas
TUFÃO
Passagem do Hagibis no Japão provoca pelo menos 24 mortes
DOURADOS
Programação do “Outubro Rosa” tem evento no dia 16
FAMOSOS
Em meio aos rumos sobre affair, Grazi faz trilha com Caio Castro
DOURADOS
Universidade levará serviços à Praça Antônio João dia 23
ESTADO
Judiciário fará Semana da Conciliação no início de novembro
CRIME
Caçador foge da PMA, mas abandona moto, rifle e munições e acaba identificado
BRASIL
Após dez dias internado, general Villas Bôas recebe alta hospitalar

Mais Lidas

CONFUSÃO
Homem morre em confronto com a Guarda Municipal de Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
RIO BRILHANTE
Acidente envolvendo carro de passeio e carreta mata motorista na BR-267