Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Vereador denuncia furto de R$ 2,7 mil de seu gabinete

14 setembro 2017 - 15h35

O vereador Cido Medeiros (DEM) teve R$ 2,7 mil furtados do interior da gaveta de seu gabinete, na Câmara de Dourados. A denúncia foi feita pelo legislador na manhã desta quinta-feira (14) no 1º Distrito Policial.

Conforme boletim de ocorrência, o parlamentar afirmou ter sacado R$ 3 mil na manhã de quarta (13) para pagar algumas contas e deixou a quantia na sala usada por ele, saindo em seguida para o almoço.

Quando retornou à Casa de Leis, por volta de 15h, encontrou apenas R$ 300 no local.

Segundo Cido Medeiros, só ele possuí a chave da escrivaninha onde estava o dinheiro. Na sala do vereador não há qualquer tipo de monitoramento.

Ainda de acordo com a ocorrência, o vereador possui cinco assessores, porém, diz não desconfiar de nenhum. O caso é investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIATIVIDADE
Conheça a casa flutuante dobrável desenvolvida para vítimas de terremotos
ATENÇÃO
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana em MS
BALANÇO
Guarda apreendeu quase 2t de drogas na rodoviária de Dourados em 2018
EMBOSCADA
Dupla morta em atentado foi executada a tiros de pistola 9mm
BRASIL
Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
NOVELA
Nova personagem de Letícia Persiles aparece no presente em ‘Espelho da Vida’
TOMA LÁ, DA CÁ!
Comitiva do PSL com dois parlamentares de MS na China é chamada de "semianalfabeta" por "guru" de Bolsonaro
VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
ATAQUE
Jornalista sofre 3º atentado em três anos e tem carro incendiado
ESTADO
16 cidades de MS fecham 2018 sem nenhum homicídio

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto