Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 9860-3221
SESSÃO SOLENE

Velha guarda da Educação Física reencontra-se em sessão na Câmara

06 setembro 2017 - 15h20

Na sessão solene realizada na noite de ontem (05), na Câmara de Dourados, o Plenário Weimar Gonçalves Torres foi palco de muitas emoções com os 50 homenageados pela data do Dia Nacional do Profissional em Educação Física ocorrida no dia 1º último, principalmente para um grupo de pessoas que marcaram épocas atuando em escolas, no esporte e em outras atividades exercidas pela profissão no município.

Entre os inúmeros pioneiros que transformaram esta disciplina em intelectual, criativa e dinâmica, além de esportiva, os homenageados por proposição do vereador Idenor Machado (PSDB) juntamente com a profissional em educação física Marisa Araújo, Conselheira Regional do CREF (Conselho Regional de Educação Física), aconteceu o encontro da velha guarda dos profissionais que receberam seus respectivos certificados, entre eles, Amaury Tetila, Ubaldo Gomes, Carlos Muchão Castilho, Rubens Issao Minagutti, Altino Mazzini, José Roberto Catanio, o "Macarrão", José Renivaldo de Alencar entre outros profissionais que marcaram histórias no município.

Parte da história da Educação Física nas escolas douradenses teve seu inicio após passar pelas mãos de Sultam Rasslan, leigo na sua época, posteriormente com os profissionais Mário Luís que foi o primeiro graduado em Dourados na área e que dá sequência até os dias atuais nas escolas, nas quadras, nos jogos e o mais importante, na formação do cidadão e da cidadã.

Na sessão, muitos dos homenageados vieram de outras cidades e Estados, como Fauzi Faker, que atualmente reside em Campo Grande, Eron Pimentel, em Olinda (PE), Altino Mazzini, de Presidente Wenceslau (SP) entre outros profissionais.

Participaram do ato a presidente da Câmara Municipal, vereadora Danielle Hall, os vereadores Idenor Machado, Braz Mello, Romualdo Ramim, o coordenador da Governadoria Regional do Governo do Estado, ex-deputado estadual Valdenir Machado e Nei Coinete, coordenador do Núcleo Regional de Educação Física e Carlos Eduardo Stranieri, o "Goiaba" representando a FUNED (Fundação de Esporte de Dourados).

Outra personagem da história da Educação de Dourados que foi merecidamente homenageada no ato, foi à professora aposentada nos dias atuais e então Secretária de Educação na década de 80, Sireunise Camargo Dorta.
Através de sua gestão ela coordenada pelo professor Rubens Issao Menegutti, o "Bim" implantou a Educação Física em Dourados nas escolas municipais e determinou a criação dos Jogos da Primavera, Jogos Abertos, Jogos do Inverno, JED (Jogos Escolares de Dourados), JOREME (Jogos da Rede Municipal de Ensino) entre outras atividades esportivas e culturais.

Sireniuse Dorta na administração do então prefeito José Elias Moreira foi secretária de Promoção Social e posteriormente assumiu a pasta de Educação bem como na gestão do então prefeito Luís Antônio.

Vale lembrar que foi na gestão dela que foi criada a FUNCED (Fundação de Cultura e de Esporte de Dourados), após desvincular a Cultura e o Esporte da pasta da Secretaria de Educação.


Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro
MUNDO
Sri Lanka: ataques a igrejas e hotéis matam 200 e ferem 400
DOURADOS
Homem é preso por embriagar três adolescentes no Jardim Guanabara
DOURADOS
Homem é preso com revólver e munições
HOMENAGEM
Nasce Rogério Ceni, quarto filho de Aloísio Chulapa
POLÍCIA
Mulher tem moto furtada próximo a hipermercado em Dourados
BRASIL
Corpos de duas crianças são resgatados dos escombros na Muzema
POLÍCIA
Casal é preso por tráfico, após entrega de crack, no Cachoeirinha
ESPORTES
Campeão Estadual será conhecido neste domingo
POLÍCIA
Capixaba é preso por tráfico na rodoviária de Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Mulher de 41 anos é assaltada e estuprada próximo à feira-livre
DOURADOS
Indígena que morreu atropelada na MS-156 tinha 25 anos
CAARAPÓ
PF apreende quase meia tonelada de maconha em tanque de carreta
PONTA PORÃ
Homem é encontrado com as mãos decepadas na região de fronteira