Menu
Busca domingo, 16 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Veículo pega fogo na região central de Dourados

01 agosto 2006 - 09h51

Por volta das 10 horas de hoje uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada para se deslocar até a avenida Marcelino Pires onde um veículo Fiat Uno, placas BND 0499 de Dourados (MS) estava pegando fogo. De acordo com informações do proprietário do veículo, Levi Ferreira o carro começou a pegar fogo sem motivos aparentes. “Eu estava com minha esposa e meu filho vindo de Itaporã, quando o carro começou a pegar fogo após uma faísca que saiu do motor” disse Levi, que é policial militar em Itaporã (MS). Quando os bombeiros chegaram o incêndio já estava controlado, uma vez que assim que o fogo começou, populares ajudaram no combate ao fogo. Assim que os bombeiros chegaram no local, fizeram apenas o resfriamento do veículo para que não houvesse possibilidade de um novo foco. (Lílian Rech)

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Ludmilla diz que consegue driblar os paparazzi: ‘Fiquei com famosos sem ninguém saber’
ESPORTES
Palmeiras põe planejamento de Felipão em prática e não trabalha com ideia de perder técnico
MEIO AMBIENTE
CMA vota preservação obrigatória da biodiversidade no período de cheias dos rios
ESPORTES
Maior evento de MMA do Centro-Oeste acontece neste fim de semana em Campo Grande
BRASIL
Vereador pede federalização do caso Marielle Franco
MARACAJÚ
Condutor perde controle de veículo e invade loja de roupas
Senado
Adicional de insalubridade para gestantes está na pauta do Plenário
ESPORTES
UFC Milwaukee tem duelo top 10 dos leves e três brasileiros em situações distintas
SEU BOLSO
Refis: contribuinte tem até sexta-feira para quitar débito de ICMS com desconto de até 90%
BRASIL
João de Deus vai se entregar, diz defesa

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morto em confronto articulava assassinato de sargento do Corpo de Bombeiros
DOURADOS
Jovem colide veículo em poste na avenida Marcelino Pires
ABORDAGEM
Homem morre após confronto com a polícia em Dourados
DOURADOS
Homem morto a facadas havia tentado separar briga de mãe e filho por R$ 30