Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DIA DAS CRIANÇAS

Valor médio do presente sobe, mas expectativa de vendas cai

02 outubro 2017 - 11h09Por Guilherme Pires

O Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom), divulgou na manhã desta segunda-feira (02), a pesquisa da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), que mostra a intenção de compra para o dia das crianças, no próximo dia 12 de outubro.

No ano passado, o valor estipulado de movimentação no comércio foi de R$ 6.910.65 tendo como o valor médio do presente, R$ 108,59. Neste ano, a quantia caiu para R$ 6.884.048 tendo o valor médio do presente mais alto, em torno de R$ 115,30.

Segundo os dados, os brinquedos continuam liderando as vendas, com 48,70% das compras, em segundo vem roupa com 31,61% e calçados em terceiro lugar com 9,84%. Itens como livro ficam com 2,59% da preferência de compra.

De acordo com o 2º tesoureiro do Sindicom de Dourados, Valter Mario Silva Castro, as expectativas de compra devem ser superadas apesar da crise. “O mercado sempre reage em datas como essas, então os dados da pesquisa devem ser superados, como aconteceu no dia das mães e dia dos pais deste ano”, afirma Valter. 

Ele destaca ainda que em Dourados os camelôs lideram as vendas pelo preço e que o consumidor, na era do cartão de crédito, não tem parcelado as compras em muitas vezes.

“Aqui em Dourados, as vendas maiores são nos camelôs, primeiro pelo preço que é mais em conta e depois, porque os pais sabem que a criança se interessa pelo brinquedo só nos primeiros dias”, diz.

A pesquisa aponta também os locais de compra, que deixa as lojas do Centro em primeiro lugar com 85,19% e o Paraguai em segundo com 3,70% de preferência. Em relação ao ano passado, o mercado está mais tímido, já que o valor estimado de compra deste ano é de R$ 26.917 a menos.

Por outro lado, nem todo mundo comemorará o dia das crianças fora de casa, isto é, pelo menos 61,64% dos entrevistados, deve investir pouco mais de R$ 100 com alimentação em casa, seguindo passeios ou atividades ao ar livre.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
UEMS abre inscrições para seleção de professores temporários
PARANAÍBA
PMA fecha lava-jato que funcionava em desacordo com a licença
RURAL
Plantio da safra de soja está atrasado em Mato Grosso do Sul
INTERNACIONAL
Resultado preliminar na Bolívia indica 2º turno entre Morales e Mesa
CASSILÂNDIA
Paulista é multado em R$ 64 mil por deixar 128 cabeças de gado sem alimento
UEMS
Semana Técnica de Computação começa nesta segunda em Dourados
CHAPADÃO DI SUL
Motociclista de 29 anos morre após acidente entre moto e caminhonete
TEMPO
Segunda-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
Tecnologia
Visual Informática promove ações de conscientização no mês da Segurança da Informação
Saúde e bem-estar
Cuidados com a pele.

Mais Lidas

MS-141
Acidente entre Ivinhema e Angélica envolve dois veículos
TRÁFICO DE DROGAS
Perseguição no aeroporto da capital termina com homem preso após tentar tomar arma de PF
CONTRABANDO
Comboio é flagrado com contrabando de essência para narguilé a roupas íntimas
FOI PRESO
Motorista bêbado faz algazarra e policiais descobrem carro roubado