Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 9860-3221
SEU BOLSO

"Tag" de parquímetro sobe 500% em menos de três anos em Dourados

17 abril 2019 - 08h04Por Gizele Almeida

O custo para adquirir uma Tag do estacionamento rotativo em Dourados é R$ 100. O valor tem sido motivo de críticas por parte da população. A empresa EXP Parking administra o serviço em Dourados desde 2016 e, de acordo com o apurado pelo Dourados News, quando as cobranças foram iniciadas, era possível encontrar o dispositivo carregado no valor de R$ 20.

Se comparado os valores, o aumento em dois anos é 500% para adquirir o item.

Tag é o dispositivo recarregável instalado no para-brisa do veículo. A cada vez que o usuário estaciona em vaga pré-determinada pela concessão, o valor do estacionamento é debitado de forma automática. 

Quem opta por comprar o produto não tem opção de parcelamento, sendo as formas de pagamento no débito ou crédito à vista ou no dinheiro. O valor pago é revertido em “crédito” para uso das vagas. 

O Dourados News levantou que o valor está em R$ 100 há cerca de três meses. Antes disso havia “passado” dos R$ 20 iniciais por R$ 40, R$ 50 e R$ 70. 

Na página oficial da EXP Parking na internet, consta que “para adquirir a Tag EXP, basta realizar recarga mínima de R$ 70”, no entanto, junto aos colaboradores da empresa, isso não procede, já que o mínimo é R$ 100.

O mesmo custo é apontado no item para outras cidades que a empresa atua como São Vicente-SP, Catalão-GO e Atibaia-SP. 

Quanto ao valor da hora de estacionamento, o custo atual é de R$ 2. Com a TAG existe a opção de pagar por frações de cinco minutos. Com os monitores e pontos de venda, existe a opção de pagar por frações de 10 minutos. 

O outro lado 

O Dourados News entrou em contato com representantes da empresa EXP para esclarecimentos quanto a elevação de valor na TAG, mas até a publicação do material, não houve retorno. 

O Dourados News também entrou em contato com a  Agetran (Agência de Trânsito e Transporte) de Dourados por meio do diretor Carlos Fábio Selhrost e a informação é que a o aumento no valor do dispositivo é motivo de avaliação atualmente. 

“A Agetran solicitou uma avaliação do contrato feito entre o município e a empresa para verificar a questão do aumento ocorrido na TAG. O pedido foi feito a Procuradoria do Município e aguardamos um parecer”, disse. 

Ele ressaltou que os valores cobrados por hora não sofreram modificações. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Filha de Romário posa de biquíni e irmão brinca: “Que palhaçada é essa?”
BATAYPORÃ
Debate entre vereadores termina em ''quebra-pau'' na porta de delegacia
EXTRADIÇÃO
Após anúncio, Paraguai expulsa presos brasileiros procurados pela Justiça
UEMS
Curso de pedagogia realiza 4ª Colônia de Férias em Dourados
RECADASTRAMENTO
Mais de 93 mil eleitores já passaram pela biometria obrigatória em MS
CAMPO GRANDE
Câmera flagra “puxão” em nota de R$ 100 e caixa de lotérica vai presa
DOURADOS
Defesa de Idenor vai à Justiça para tentar barrar nova sessão
POLÍTICA
Câmara aprova texto-base de projeto que prevê nova lei de licitações
INTERIORIZAÇÃO
Grupo de 167 venezuelanos chega esta semana em Dourados
FUTEBOL
Jogos da Copa América só terão prorrogação a partir da semifinal

Mais Lidas

DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
FRONTEIRA
Homem assassinado em estacionamento de shopping é ex-policial
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores