Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE
USINA DE ASFALTO

Usina é regularizada e vai auxiliar no tapa-buraco

25 setembro 2017 - 14h05

Um trabalho constante e minucioso da Prefeitura de Dourados resultou na expedição da licença ambiental da usina de asfalto do município que, regularizada, irá reforçar as ações de tapa-buracos em toda a cidade e permitir uma economia de até 60% na produção de massa asfáltica fria para recuperação das ruas.

O processo número 21.448 de 2017, expedido pelo Imam (Instituto do Meio Ambiente) e publicado no Diário Oficial do Município no dia 21 de setembro, sexta-feira passada, traz as especificações e licença de operação da unidade. Com isto, o município gera a produção do material e tem mais um subsídio para recuperar o asfalto. A licença é válida por três anos a partir da data da assinatura do documento.

Para a prefeita Délia Razuk (PR), esta é a grande notícia em relação aos esforços para recuperar a malha asfáltica da cidade.

"O trabalho tem sido incansável para achar saídas e trabalhar sempre com correção, com seriedade e com resultados. Com a usina regularizada, temos tranquilidade para atuar, mas, sobretudo, diante do cenário econômico, temos economia, e isso é muito importante", pontuou a prefeita.

O secretário de Serviços Urbanos (Semsur), Joaquim Soares, comemorou a conquista da população douradense e ressaltou o empenho das equipes em resolver as pendências a fim de que a estrutura fosse mais uma ferramenta em atividade.

"Fizemos um amplo procedimento de documentação, de averiguação e, depois de anos sem licença, conquistamos a liberação ambiental para a usina de asfalto. É gratificante, mas não é o final; é o começo de uma ação que vai melhorar ainda mais nossa cidade", disse o secretário.

A licença foi expedida com o cumprimento das condicionantes impostas pela legislação ambiental e conferidas pelo Imam. Segundo Joaquim Soares, a Semsur será responsável pela operação da usina em auxílio à secretaria de Obras Públicas (Semop) e inicia esta semana a produção de massa asfáltica que vai subsidiar equipes nas ruas da cidade. "Vamos compor pelo menos três equipes para trabalhar já na semana que vem. A partir desta quarta-feira teremos funcionamento da usina e produção de massa", anunciou.

O secretário explicou que as equipes terão o mesmo procedimento adotado até aqui no tapa-buraco. Assim, o entorno dos buracos será recortado e, após aplicação da massa, será feita a compactação com rolo compressor. "Este é o procedimento ideal e que diferencia de operações anteriores, em que a massa fria era apenas jogada no buraco", disse Joaquim. As equipes também seguirão todas as recomendações que a legislação propõe em relação à segurança dos operadores e a Semsur, em parceria com a Agepen, deve utilizar mão-de-obra do semiaberto.

Com a operação da usina e a economia gerada, o secretário afirma que podem ser colocadas em prática ações de recapeamento em trechos muito danificados. "Independente se ficou tanto tempo sem licença, o importante é que a usina volta a operar e, realmente, temos um avanço muito grande neste trabalho", reforçou o secretário.

A liberação da usina para operar é mais uma ação da Prefeitura de Dourados para recuperar as ruas da cidade. Desde o começo do ano, a administração da prefeita Délia Razuk enfrentou o problema de frente. Elaborou e colocou em prática ação emergencial com recursos de R$ 700 mil, licitou R$ 3 milhões para continuação do trabalho e buscou parceria junto ao Governo do Estado, com o auxilio do deputado estadual Zé Teixeira, conquistando R$ 5 milhões para continuação das ações, recurso que aguarda processo licitatório.



Deixe seu Comentário

Leia Também

EVENTO
UFGD convida estudantes para Diálogos sobre Assistência Estudantil
NOVA ANDRADINA
Acidente com linha de cerol deixa motociclista gravemente ferida
JUSTIÇA
Paciente ganha direito de fazer exame para tratamento de câncer
ITAPORÃ
Ciclista atropelado na MS-156 era morador em Dourados
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta a encostar em R$ 3,40
O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (19), voltando a se aproximar de R$ 3,40, após cair por três dias consecutivos. O dia foi marcado pela agenda esvaziada, o que jogou a atenção dos investidores para a cena política local.
TRÁFICO DE DROGAS
Acampamento ‘distribuidor’ de droga é destruído na fronteira
CAMPO GRANDE
Feto abandonado em quintal de residência é alvo de investigação da polícia
CARGA TRIBUTÁRIA
Simplificação do PIS/Cofins deve ir ao Congresso em maio, diz ministro
FACILIDADE
Banco Central estuda criar sistema de pagamento instantâneo
BARBÁRIE
Tio e sobrinhos são condenados em mais de 55 anos de prisão por matar homem a pedradas

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos