Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
BENEFÍCIO

UFGD seleciona para bolsa no Mestrado em Saúde Pública em Desastres

09 janeiro 2019 - 19h50Por Da Redação

Profissionais graduados em cursos da área da Saúde, Administração ou ainda de Ciências Sociais têm a oportunidade de realizar um programa de mestrado internacional, pesquisando temas relacionados a situações de desastres naturais e protocolos de redução de riscos.

O Programa de Mestrado em Saúde Pública em Desastres Erasmus Mundus é oferecido por meio de uma parceria entre 24 instituições de educação de 18 países, sendo alguns deles Estados Unidos, Egito, Índia, Uganda, Israel, e Peru. A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) é a primeira instituição brasileira a compor a parceria internacional para realização desse programa de mestrado. Por isso, a UFGD tem direito a realizar a seleção de um candidato que vai realizar o curso com bolsa integral, recebendo apoio de deslocamento e uma bolsa no valor de € 1,000 por mês, no período de dois anos.

As aulas acontecerão ao longo do ano de 2019, em três países diferentes: na Universidade de Oviedo, na Espanha; no Instituto Karolinska, na Suíça; e na Universidade de Nicosia, na República de Chipre. Como o mestrado reúne pesquisadores de vários países, o conteúdo é ministrado em língua inglesa.

Perfil do candidato

De acordo com o site do programa, este mestrado é transdisciplinar e aceita graduados em cursos das áreas de Saúde, Administração, e Ciências Sociais. O currículo do candidato será avaliado e têm mais possibilidades de ser selecionados aqueles que apresentarem  conhecimento em tópicos como: Conceitos básicos de saúde pública e epidemiologia; princípios básicos em sociologia, psicologia ou economia aplicados à saúde; legislação ligada à bioética; pesquisas em saúde pública, promoção de saúde; e sistemas de saúde; estudos de estatística; Gestão financeira e administração na área de saúde; saúde ambiental.

É critério de admissão a proficiência em língua inglesa. Para tal avaliação são usados como critério notas de exames como o IELTS (pontuação mínima de 6.0 ou 5.0 em cada seção da prova); TOEFL (pontuação mínima de 575 com 4.0 na prova escrita); ou TOEFL IBT (com mínimo de 79 pontos, ou pelo menos 17 pontos em cada seção).

Para acessar o site onde estão disponíveis as demais informações sobre a seleção para o mestrado, disciplinas a serem cursadas, pesquisadas já realizadas, entre outros assuntos, acesse: http://publichealthdisasters.eu/. As inscrições devem ser feitas a partir do endereço https://emjmdphid1.em.uniovi.es/EMJMD_PHID_1.html. O contato para sanar dúvidas são os e-mails emmphid.eu@uniovi.es, e infoerasmusmundus@uniovi.es.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Tereza Cristina demite ouvidor do Incra ligado ao PT
RODOVIA
Motorista que causou acidente com 3 mortes cometeu suicídio, diz PRF
EMPREGO
Funtrab tem mil oportunidades de emprego para trabalhadores da cultura da maçã
ENSINO
Faculdades do Senai da Capital e Dourados encerram dia 8 as inscrições do vestibular para 7 cursos superiores
FUTEBOL
Operário vence o Corumbaense por 2x0 na estreia do Campeonato Estadual
DOURADOS
Município troca interino na Secretaria de Obras Públicas
TV
Globo hostiliza jornalismo da Record e insinua parcialidade com Jair Bolsonaro
BALANÇO
Metade das prefeituras gastam menos de R$ 403 ao ano na saúde
CAMPO GRANDE
Três pessoas ficam feridas após atropelamento na Capital
SAÚDE
Grávidas que respiram ar poluído têm maior risco de aborto espontâneo, diz estudo

Mais Lidas

IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros
FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica