Menu
Busca terça, 18 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

UFGD inicia amanhã discussões para Política Ambiental

15 maio 2011 - 09h04

Com objetivo de elaborar a proposta da Política Ambiental da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), com a participação da comunidade acadêmica, a Pró-Reitoria de Administração e Planejamento (PROAP), por meio da Comissão de Elaboração da Política Ambiental da UFGD, vai promover amanhã e terça-feira, dias 16 e 17 de maio, a I Oficina sobre o assunto, com início às 8h30, no cine auditório da Unidade 1.

Antenada com esse debate mundial, a Universidade se coloca na vanguarda do tema dentre as Instituições de Ensino Superior brasileiras, assumindo o compromisso de discutir, elaborar e implementar uma Política Ambiental levando em consideração as profundas alterações ambientais impressas pelas ações antrópicas no planeta que desencadearam na sociedade a necessidade de se formular e implementar estratégias para a sustentabilidade ambiental.

Para isso serão considerados cinco eixos temáticos: Conservação ambiental e consumo consciente; Educação e comunicação ambiental; Gerenciamento de resíduos; Eficiência energética e Urbanização e ocupação.

A participação da comunidade acadêmica se dará pela representação de todas as Unidades Acadêmicas e Administrativas, expressas em seus três segmentos: docentes, discentes e técnicos-administrativos.

A oficina será composta de 56 delegados (Resolução nº 49/2010 do Conselho Universitário): quatro representantes das Pró-reitorias, sendo um de cada Pró-reitoria (PROAP, PROGRAD, PROPP, e PROEX); dois representantes dos Órgãos suplementares; cinco representantes por Unidade Acadêmica, sendo um discente, um técnico-administrativo e três docentes, totalizando 10 discentes, 10 técnicos-administrativos e 30 docentes.

Para a coordenadora do evento, professora doutora Silvana de Abreu, somente por meio de políticas ambientais eficientes e integradas, envolvendo os diferentes setores e atividades da sociedade, poderemos alcançar o tão almejado desenvolvimento. "E a educação tem se destacado como catalisadora de mudanças tecnológicas e sociais em prol deste objetivo ao longo do tempo. Nesse contexto, é indiscutível o papel da Universidade como agente articulador e promotor de propostas voltadas à melhoria e manutenção da qualidade ambiental", enfatizou.

Depois das discussões que durarão dois dias, a proposta da Política Ambiental da UFGD deverá ser encaminhada para o Conselho Universitário (COUNI) da UFGD.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Consumidor que fez “gato” em energia é condenado a pagar dívida
FRONTEIRA
Polícia prende dupla responsável por roubom de cerca de 15 motos
UFGD
Evento sobre prevenção ao suicídio acontece até segunda-feira
JUSTIÇA
PGR recorre contra decisão de Gilmar Mendes que soltou Beto Richa
CONCURSO
UEMS recebe inscrições para dois novos Processos Seletivos
ESPORTES
Hortência é eleita a melhor da história dos Mundiais de Basquete
PESQUISA IBOPE
Bolsonaro, 28%; Haddad, 19%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; Marina, 6%
PECULATO
Segunda Turma do STF absolve Renan Calheiros no caso Mônica Veloso
JARDIM
Revoltado com abordagem, motorista invoca Bolsonaro, xinga PM e é preso
TELEVISÃO
A nova temporada do reality show "A Fazenda" começa nesta terça-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Homem encontrado na Marcelino morreu de causas naturais
FLAGRANTE
Mãe é presa na frente da filha traficando cocaína
DOURADOS
Corpo é encontrado na Marcelino Pires
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo