Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

UFGD inicia amanhã discussões para Política Ambiental

15 maio 2011 - 09h04

Com objetivo de elaborar a proposta da Política Ambiental da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), com a participação da comunidade acadêmica, a Pró-Reitoria de Administração e Planejamento (PROAP), por meio da Comissão de Elaboração da Política Ambiental da UFGD, vai promover amanhã e terça-feira, dias 16 e 17 de maio, a I Oficina sobre o assunto, com início às 8h30, no cine auditório da Unidade 1.

Antenada com esse debate mundial, a Universidade se coloca na vanguarda do tema dentre as Instituições de Ensino Superior brasileiras, assumindo o compromisso de discutir, elaborar e implementar uma Política Ambiental levando em consideração as profundas alterações ambientais impressas pelas ações antrópicas no planeta que desencadearam na sociedade a necessidade de se formular e implementar estratégias para a sustentabilidade ambiental.

Para isso serão considerados cinco eixos temáticos: Conservação ambiental e consumo consciente; Educação e comunicação ambiental; Gerenciamento de resíduos; Eficiência energética e Urbanização e ocupação.

A participação da comunidade acadêmica se dará pela representação de todas as Unidades Acadêmicas e Administrativas, expressas em seus três segmentos: docentes, discentes e técnicos-administrativos.

A oficina será composta de 56 delegados (Resolução nº 49/2010 do Conselho Universitário): quatro representantes das Pró-reitorias, sendo um de cada Pró-reitoria (PROAP, PROGRAD, PROPP, e PROEX); dois representantes dos Órgãos suplementares; cinco representantes por Unidade Acadêmica, sendo um discente, um técnico-administrativo e três docentes, totalizando 10 discentes, 10 técnicos-administrativos e 30 docentes.

Para a coordenadora do evento, professora doutora Silvana de Abreu, somente por meio de políticas ambientais eficientes e integradas, envolvendo os diferentes setores e atividades da sociedade, poderemos alcançar o tão almejado desenvolvimento. "E a educação tem se destacado como catalisadora de mudanças tecnológicas e sociais em prol deste objetivo ao longo do tempo. Nesse contexto, é indiscutível o papel da Universidade como agente articulador e promotor de propostas voltadas à melhoria e manutenção da qualidade ambiental", enfatizou.

Depois das discussões que durarão dois dias, a proposta da Política Ambiental da UFGD deverá ser encaminhada para o Conselho Universitário (COUNI) da UFGD.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping
SELEÇÃO
Brasil enfrenta hoje o Panamá no primeiro amistoso da temporada
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiros são autuados em R$ 19,5 mil por quatro desmatamentos
DESACOMPANHADOS
Nova lei exige autorização judicial para menores de 16 anos viajarem
CENTRO
Jovem de 22 anos perde motocicleta durante assalto em Dourados

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia