Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

UFGD inicia amanhã discussões para Política Ambiental

15 maio 2011 - 09h04

Com objetivo de elaborar a proposta da Política Ambiental da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), com a participação da comunidade acadêmica, a Pró-Reitoria de Administração e Planejamento (PROAP), por meio da Comissão de Elaboração da Política Ambiental da UFGD, vai promover amanhã e terça-feira, dias 16 e 17 de maio, a I Oficina sobre o assunto, com início às 8h30, no cine auditório da Unidade 1.

Antenada com esse debate mundial, a Universidade se coloca na vanguarda do tema dentre as Instituições de Ensino Superior brasileiras, assumindo o compromisso de discutir, elaborar e implementar uma Política Ambiental levando em consideração as profundas alterações ambientais impressas pelas ações antrópicas no planeta que desencadearam na sociedade a necessidade de se formular e implementar estratégias para a sustentabilidade ambiental.

Para isso serão considerados cinco eixos temáticos: Conservação ambiental e consumo consciente; Educação e comunicação ambiental; Gerenciamento de resíduos; Eficiência energética e Urbanização e ocupação.

A participação da comunidade acadêmica se dará pela representação de todas as Unidades Acadêmicas e Administrativas, expressas em seus três segmentos: docentes, discentes e técnicos-administrativos.

A oficina será composta de 56 delegados (Resolução nº 49/2010 do Conselho Universitário): quatro representantes das Pró-reitorias, sendo um de cada Pró-reitoria (PROAP, PROGRAD, PROPP, e PROEX); dois representantes dos Órgãos suplementares; cinco representantes por Unidade Acadêmica, sendo um discente, um técnico-administrativo e três docentes, totalizando 10 discentes, 10 técnicos-administrativos e 30 docentes.

Para a coordenadora do evento, professora doutora Silvana de Abreu, somente por meio de políticas ambientais eficientes e integradas, envolvendo os diferentes setores e atividades da sociedade, poderemos alcançar o tão almejado desenvolvimento. "E a educação tem se destacado como catalisadora de mudanças tecnológicas e sociais em prol deste objetivo ao longo do tempo. Nesse contexto, é indiscutível o papel da Universidade como agente articulador e promotor de propostas voltadas à melhoria e manutenção da qualidade ambiental", enfatizou.

Depois das discussões que durarão dois dias, a proposta da Política Ambiental da UFGD deverá ser encaminhada para o Conselho Universitário (COUNI) da UFGD.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Isis Valverde arranca suspiros ao posar de biquíno: "verão, seu lindo"
CAPITAL
Idosos perdem mais de R$ 2 mil em golpe do falso sobrinho
COXIM
Jovem picada por cobra na região do Pantanal é socorrida por avião
17º DIA DE GESTÃO
Governador do Mato Grosso decreta estado de calamidade financeira
RIO BRILHANTE
Polícia investiga grupo que fez arrastão em cerca de 30 prédios
CINCO VAGAS
Tribunal de Justiça de Santa Catarina abre concurso a juiz substituto
TRÊS LAGOAS
PMR flagra dupla com mais de R$ 14 mil sem comprovação de origem
PRECAUÇÃO
Fux diz que, se não suséndesse investigação, provas seriam anuladas
SISU
UFGD divulga local de matrícula e lista de vagas por curso e modalidades
INOVAÇÃO
Comarca de Mundo Novo faz depoimento com intérprete de língua indígena

Mais Lidas

VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
FRONTEIRA
Ex-candidato a prefeito, tio de narcotraficante é executado em Ponta Porã
DOURADOS
Homem danifica carro por vingança em estacionamento de hipermercado e acaba preso
PARANHOS
Operação contra traficantes que abasteciam morros cariocas prende dois em MS