Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
MS

TRE fará cadastramento biométrico obrigatório em 18 cidades; Dourados iniciará em junho

11 fevereiro 2019 - 15h50Por TRE-MS

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) fará, em 2019, a revisão eleitoral e o cadastramento biométrico obrigatório em dezoito cidades do estado. Somados, o eleitorado dessas localidades corresponde a 532.567 eleitores. O não comparecimento acarreta o cancelamento do título de eleitor.

No decorrer do ano, os trabalhos serão divididos em quatro etapas. A primeira será em Ponta Porã e Selvíria. Na cidade de fronteira com Paraguai, a revisão começa em 11/03/2019 e termina em 30/05/2019. Já em Selvíria, os trabalhos se iniciam em 18/03/2019 e terminam em 15/05/2019.

A segunda etapa abrangerá as cidades de Alcinópolis, Anaurilândia e Miranda entre os meses de abril e junho. Três Lagoas, Aral Moreira, Corumbá, Ladário, Dourados e Itaporã terão os eleitores revisados durante a terceira etapa, iniciando em junho de 2019 e terminando em março de 2020. A última etapa, entre outubro e dezembro de 2019, será realizada nas cidades de Bataguassu, Rio Verde de Mato Grosso, Chapadão do Sul, Aparecida do Taboado, Coronel Sapucaia, Antônio João e Terenos.

O Presidente do TRE-MS, Desembargador João Maria Lós, ressalta que os eleitores não esperem pelo início da obrigatoriedade para buscarem o atendimento. “Os eleitores dessas cidades não precisam esperar o início da revisão para se recadastrarem, pois os cartórios já estão realizando os atendimentos. Com isso, o eleitor pode evitar transtornos e longas filas”.

Lembrando que o comparecimento à revisão eleitoral e ao cadastramento da biometria é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor, o que pode acarretar em prejuízos na vida civil.

Biometria

A biometria é uma tecnologia que dá ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica confirma a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

Dos 1,8 milhão de eleitores no estado, 54,98% (1.033.586 eleitores) já possuem a biometria cadastrada na Justiça Eleitoral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Fani Pacheco ousa em ensaio e faz post reflexivo: "Não perca seu Norte"
CAMPO GRANDE
Homem é preso após fazer gestante refém e ameaçar policiais
FUTEBOL DE BASE
Semifinais do Estadual Sub-17 começam neste fim de semana
NOVA ANDRADINA
Cinco são presos pela PM durante ações ostensivas
CLIMA
Especialista diz que MS terá chuva significativa apenas em setembro
CRIME AMBIENTAL
Usina é multada em mais de R$ 270 mil por incêndio em canavial
PREVENÇÃO
Sala integrada para controle e combate de incêndios é criada em MS
BRASIL
Encceja: candidatos com dificuldade de acesso podem ligar para 0800
BRASILEIRÃO
Bahia bate Galo em Minas na abertura da 16ª rodada
MOVIMENTO
Manifestantes vão à Praça Antônio João em ato contra queimadas

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados