Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

TJ nega liminar para soltar ex-vereadores

17 maio 2011 - 15h32

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou liminar em habeas corpus aos ex-vereadores de Dourados, Humberto Teixeira Júnior e Sidlei Alves. A liminar foi negada ontem pelo desembargador Carlos Eduardo Contar, mas o mérito do pedido ainda será analisado pela justiça.

Eles estão presos desde 29 de abril. O ex-vereadores, que enfrentam a terceira prisão em dois anos, foram alvos da operação Câmara Secreta. Realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), a ação denunciou esquema envolvendo fraudes por meio de empréstimos consignados de servidores da Câmara de Dourados.

Além dos ex-vereadores, foram presos Rodrigo Terra (assessor de Humberto) e Amilton Salina (ex-diretor financeiro).

Os holerites dos servidores eram falsificados pelo então diretor financeiro da Câmara, a mando dos dois vereadores. Os valores eram aumentados em até cinco vezes, para conseguir emprestar grandes somas. Dos denunciantes, dois eram servidores fantasmas.

Salina foi solto um dia depois da prisão. Os ex-vereadores estão na Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa).

Deixe seu Comentário

Leia Também

FISCALIZAÇÃO
PMA é acionada para prender incendiário e usa técnica de contenção para conter fogo
ESPORTE
Desembargadora mantém suspensão de jogo entre Flamengo e Palmeiras
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte
CAPITAL
Homem invade casas pelado e é preso
REGIÃO
Bombeiros buscam por criança de 2 anos que caiu no Rio Paraguai
LEVANTAMENTO
72% das empresas pretendem dar apenas aumento definido por acordos coletivos, diz pesquisa
REGIÃO
Homem agride mulher e vai preso
REGIÃO
Homem é executado em bar na fronteira
PANDEMIA
MS ultrapassa 68 mil casos confirmados de Covid-19 e registra 14 novas mortes
OPORTUNIDADE
Inscrições para seleção de docentes temporários na área de Letras vão até dia 29

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete