Menu
Busca quarta, 17 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

TJ nega liminar para soltar ex-vereadores

17 maio 2011 - 15h32

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou liminar em habeas corpus aos ex-vereadores de Dourados, Humberto Teixeira Júnior e Sidlei Alves. A liminar foi negada ontem pelo desembargador Carlos Eduardo Contar, mas o mérito do pedido ainda será analisado pela justiça.

Eles estão presos desde 29 de abril. O ex-vereadores, que enfrentam a terceira prisão em dois anos, foram alvos da operação Câmara Secreta. Realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), a ação denunciou esquema envolvendo fraudes por meio de empréstimos consignados de servidores da Câmara de Dourados.

Além dos ex-vereadores, foram presos Rodrigo Terra (assessor de Humberto) e Amilton Salina (ex-diretor financeiro).

Os holerites dos servidores eram falsificados pelo então diretor financeiro da Câmara, a mando dos dois vereadores. Os valores eram aumentados em até cinco vezes, para conseguir emprestar grandes somas. Dos denunciantes, dois eram servidores fantasmas.

Salina foi solto um dia depois da prisão. Os ex-vereadores estão na Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
Eleitor que tiver problema no ato de votar deverá apresentar queixa de imediato a mesário
FLAGRANTE
Polícia apreende carreta com sinais de adulteração na BR-163
BRASIL
Atividade econômica registra terceiro mês seguido de crescimento
CAMPO DOURADO
Prestador de serviços tem cones furtados durante o trabalho
FRONTEIRA
Contratação de comissionados leva MPE a investigar prefeitura de Coronel Sapucaia
DPVAT
Campo Grande é a oitava Capital com trânsito mais violento
DOURADOS
Dupla armada ameaça e rouba amigos na Vila Maxwell
AÇÃO
Ex-prefeito da Capital tem R$ 16 milhões bloqueados pela Justiça
PEIXADA DOURADOS NEWS
Caldos, porções, assados, massas e frango para quem não come peixe; confira o cardápio para o evento
PEDRO JUAN
Suspeita de envolvimento em roubo a vereador douradense é executada na fronteira

Mais Lidas

DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular
DOURADOS
Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas
FLAGRANTE
Polícia fecha “distribuidora” de drogas em Dourados