Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Itaporã perde o mando e deve jogar no Douradão

20 maio 2011 - 07h12

O Tribunal de Justiça Desportiva da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul confirmou na noite de ontem a perda de dois mando de jogo da equipe de Itaporã o que deve determinar que o próximo jogo do time contra o Ponta Porã seja no estádio Douradão neste domingo às três horas da tarde.

O clube da Cidade Pedra Bonita tentava ficar livre da decisão, mas o advogado do clube não compareceu à sessão do tribunal e o caso foi julgado à revelia.

O Itaporã foi punido porque na partida contra o 7 de Dourados no dia 24 do mês passado, um torcedor atirou em um dos auxiliares do árbitro João Lupatto uma garrafa de cerveja o que foi relatado em súmula.

Na manhã de hoje o administrador do Douradão, Laerte Ramos da Rosa , disse que já foi comunicado da possibilidade da partida ser realizada em Dourados. “Só estamos aguardando a comunicação oficial da federação, mas estamos trabalhando como se a partida já tivesse marcada, tudo vai ficar pronto para receber os dois times, disse ele”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Paolla Oliveira relaxa durante banho de mar: "água é vida"
SAÚDE
Após determinação do STJ, João de Deus é transferido para hospital
FUTEBOL
Uefa abre processo disciplinar contra Neymar por ofensa a ábitro
REFORMA
Devedores contumazes da União poderão ter CNPJ cancelado
UEMS
Curso de Libras Básico I abre inscrições na próxima segunda-feira
DANOS MORAIS
Justiça condena promotor a indenizar ex-presidente Lula em R$ 60 mil
JUSTIÇA
Shopping é condenado por danos morais em acusação falsa de furto
FÁTIMA DO SUL
Mulher é presa acusada de simulou sequestro para a própria família
TECNOLOGIA
Anatel inicia bloqueio de celulares 'piratas' em 15 estados no domingo
CAPITAL
Homem tenta matar a irmã com golpes de facão e acaba preso

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia