Menu
Busca quinta, 18 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Tetila defende o meio ambiente em Audiência Pública

14 junho 2011 - 13h05

Os problemas ambientais e as soluções para esses males foram temas da audiência pública “Meio ambiente por uma Dourados sustentável”. Por mais de duas horas foram debatidas saídas para os problemas ambientais da cidade. O professor Ivo Peletto, que pertence à Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, abriu a audiência pública.



De acordo com ele, a estrutura do planeta está sendo alterada, inclusive a era geológica em que a humanidade vive. “Sugiro que estamos mudando do holoceno para o antropoceno”, disse o estudioso. A opinião do professor está baseada na teoria de que a partir do momento em que o homem tomou o controle do planeta, acelerou as emissões de C02 e 'desregulou a máquina do mundo'. Essa tese é defendida pelo glaciólogo francês Claude Lorius em seu novo livro "Voyage dans l'Anthropocène" (Viagem ao Antropoceno, em tradução livre).



Poletto falou ainda sobre os problemas provocados pela queima dos combustíveis fósseis; sobre os processos de agricultura em grande escala que utilizam agrotóxicos e emissão de gases nocivos como metano, dióxido de carbono e óxido nitroso provocados pela ação humana. Em seguida, os debates foram regionalizados.



O arquiteto Luiz Carlos Ribeiro, que há mais de 20 anos trabalha em prol do meio ambiente, apresentou a situação dos mananciais de água doce de Dourados e região, e alertou que se não forem tomadas providências urgentes essas fontes secarão devido à falta de uma política contínua. Ribeiro lembrou, ainda, que o 1° Seminário de Meio Ambiente em Dourados foi organizado pelo então vereador Laerte Tetila, hoje deputado estadual, na década de 1990. “Não há como negar que houve um avanço considerável na administração Tetila, mas, depois que ele saiu, isso parou e não foi mais retomado”, lembrou o ambientalista.



A coordenadora da Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados, Ivete Pedrozo, também alertou os moradores de Dourados e região sobre a necessidade de preservação do Meio Ambiente. “Dados que levantamos mostram que, enquanto no Brasil se produz 378 kg de lixo por ano e por pessoa, o douradense produz o dobro”, disse a coordenadora.



O presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Ataulfo Alves Stein, falou sobre o corte de árvores na cidade que, na opinião dele, tem se tornado rotina. “É preciso um plano diretor para regulamentar esses cortes e, junto com isso, uma política de replantio”, alertou. Já o deputado estadual Laerte Tetila apresentou o trabalho que desenvolve para melhorar o meio ambiente, que teve início ainda quando era vereador.



À frente da prefeitura, Tetila foi o responsável por delimitar e revitalizar os três parques municipais; o Horto Florestal e instalar os mais de 60 marcos verdes da cidade. Ele também desenvolveu outras ações em prol do meio ambiente como, por exemplo, a remoção de famílias de áreas de fundos de vales que moravam em barracos de lona e madeira para casas de concreto; a criação do Instituto de Meio Ambiente com sede própria; a drenagem de áreas de risco; e, ainda, pela criação do Ecoponto para dar destino correto à pneus descartados.



Ainda na administração de Tetila foi criada, e aprovada, a Lei Verde do Município.

“Hoje, como deputado, continuamos o trabalho de defesa do meio ambiente na Assembleia Legislativa. Recentemente, apresentamos uma indicação para que a União adquira e deixe a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) administrar a última faixa de Mata Atlântica que existe no município”, lembrou o deputado.



Tetila incentiva, também, a produção de orgânicos e tem um projeto autorizativo para que o governo reduza o valor do ICMS cobrado sobre os produtos orgânicos. “Se cada um fizer sua parte nos espaços que convivem e em suas próprias casas, nosso planeta melhorará e poderemos deixar um legado positivo para as gerações futuras. A chave para isso é a sustentabilidade. Se isso não ocorrer, a espécie humana está fadada ao auto-extermínio”, afirmou o deputado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Maíra Charken aumenta temperatura com foto sensual: "Eclipse mexeu comigo"
CORUMBÁ
Mulher que denunciou médico diz que foi abusada em consulta: 'Me senti um lixo'
DIA 25
20º Festival de Inverno de Bonito começa na proxima semana
SAÚDE
Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas
TRÊS LAGOAS
Polícia procura ciclista que passou a mão em mulher no meio da rua
ECONOMIA
Governo deve anunciar nesta semana detalhes sobre saques do FGTS
MEIO AMBIENTE
Dona de funilaria é multada por lançar óleo na rua e causar acidente
FLAMENGO
MP devolve à Polícia Civil inquérito sobre tragédia no Ninho do Urubu
BONITO
Ladrões trapalhões furtam moto, mas sofrem queda e acabam presos
POLÍTICA
Mandetta vai lançar na Capital novo programa do Ministério da Saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Execução de comerciante douradense foi “comemorada” com tiros em bairro da periferia
DOURADOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov
DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
POLÍCIA
Polícia prende ladrão de moto e descobre ‘boca de fumo’ no Dioclécio Artuzi