Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Sombra e muita água em feriado quente e seco

07 setembro 2017 - 10h45

Populares que acompanharam o desfile cívico de Independência do Brasil nesta quinta-feira (7) em Dourados tentaram espantar o calorão e clima seco no município com muita sombra e água.

Na avenida Marcelino Pires, local onde desfilaram aproximadamente 50 entidades do município, foi fácil encontrar pessoas se refrescando e portando sombrinhas nas mãos.

A umidade relativa do ar nesta manhã chegou a 24%, estado de atenção, segundo a Embrapa Agropecuária Oeste.

A temperatura máxima apontou 29,9ºC pouco depois das 10h30. Em Dourados, não chove há 19 dias.

De acordo com o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), o calor continua na maior cidade do interior do Mato Grosso do Sul nos próximos dias.

Para sexta-feira, a temperatura oscila entre 15ºC e 35ºC. Já no sábado, existe a possibilidade de chegar aos 37ºC e no dia seguinte, 36ºC. Não há previsão de chuva para esses dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Mulher morre dois dias após ser atropelada em avenida
DOURADOS
Homem derruba mulher para roubar moto na Vila Rosa
BRASIL
Aprovada lei que fixa prazo para notificar violência contra mulher
POLÍTICA
Criação da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos é proposta em MS
TELEVISÃO
'BBB19' Alan é o novo Líder e Rodrigo vai incluir brother no paredão
DOURADOS
Dupla armada rende dono de lanchonete e funcionário e leva moto do local
HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
CARNAVAL
Post de Bolsonaro com conteúdo pornográfico "some" de rede social
EDUCAÇÃO
Compromissada com a excelência do ensino, Unigran realiza ADI 2019
TRÁFICO
Jovem é preso em ônibus com maconha que levada para Goiás

Mais Lidas

DOURADOS
Tripla colisão deixa dois feridos em cruzamento movimentado
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
RIO BRILHANTE
Dono de oficina baleado pela manhã morre no Hospital da Vida
OPERAÇÃO PREGÃO
Investigações apontam assinatura de morta em contrato de empresa de refrigeração com prefeitura