Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Sindicom recebe empresários para discussão da nova CCT 2017/2018

26 setembro 2017 - 19h20

Com a proximidade da data-base relativa a Convenção Coletiva do Trabalho do Comércio em geral, que coincide com o período em que entrará em vigor a Reforma Trabalhista, empresários e entidade ligadas ao setor estão preocupados com alguns pontos considerados polêmicos. Diante disso, aconteceu nesta segunda-feira (25), às 15h, no Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados), uma reunião entre o presidente da entidade Valter de Castro e alguns empresários e representantes da classe patronal.

Durante a conversa foram apontados os pontos que geram controvérsias entre os empresários e que serão discutidos e negociados com o sindicato laboral, de acordo com a legalidade.

Para o Advogado e professor José Carlos Parpinelli Júnior "a pretensão é consolidar um texto equilibrado que absorva as inovações trazidas pela reforma trabalhista".

Ainda sobre as mudanças que já estão previstas pela Reforma Trabalhista, o presidente do Sindicom Valter Castro, "estamos estudando com afinco a reforma para nos prepararmos para a negociação coletiva, pois não podemos esquecer que o intuito desta mudança é justamente flexibilizar essa relação, para que possamos gerar um ambiente mais favorável ao setores produtivos, aumentando a produtividade e a geração de emprego e renda na cidade. Mas é claro, sem esquecer, do equilíbrio necessário nesta negociação a fim de que possa atender aos anseios dos trabalhadores e não os prejudicar, o que não é o interesse de nenhum empregador".

Entenda o que é a Convenção Coletiva

A Convenção Coletiva do Trabalho é o instrumento regulatório das relações do trabalho entre patrões e empregados do comércio atacadista e varejista da cidade de Dourados. Para isso, os sindicatos patronais (empregadores) e laborais (empregados) se reúnem anualmente e negociam este documento. No documento estão contidos pontos como reajuste e piso salarial, horário de funcionamento, licenças e etc. A data base para o documento é 1º de novembro, sendo sua vigência até dia 31 de outubro de 2017. Para ter acesso ao documento na íntegra, [clique aqui](http://www.sindicom-dourados.org.br/servicos/convencao-coletiva-de-trabalho).


Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Polícia apreende mais de R$ 300 mil em eletrônicos em para-choque
ELEIÇÕES 2018
Campanha de Delcídio divulga Nota sobre impugnação de candidatura
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com carregador e 20 chips nas partes intimas em presídio
TEMPO
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
MEIO AMBIENTE
Mineradora é autuada e fechada por extração ilegal de areia
ELEIÇÕES 2018
A partir de hoje, candidatos só podem ser presos em flagrante
DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista

Mais Lidas

DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando