Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
INOVAÇÃO

Sindicato Rural sedia curso sobre gestão de custos e riscos a produtores

27 outubro 2017 - 07h52Por Da Redação

Começa nesta sexta-feira, dia 27 de outubro, o primeiro módulo do curso sobre gestão de custos e riscos para produtores rurais, realizado pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), com apoio da Famasul, Sebrae e Sindicato Rural de Dourados.
 
Quinze alunos vão participar do curso, que faz parte do projeto Campo Futuro e terá três módulos. As aulas acontecem na sede do Sindicato Rural de Dourados, no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho.
 
O curso integra as atividades do programa Mais Inovação, que assiste 11 produtores da região de Dourados e atua na inserção de inovação tecnológica no campo, nas diversas áreas dos conhecimentos voltados à produção, focando sempre no resultado, através de orientações na aptidão de uso do solo, oportunidades de produção e gestão.
 
O Mais Inovação utiliza a metodologia de diagnosticar a propriedade com visão holística e estratégica, a fim de compreender a real situação produtiva de cada imóvel rural, analisar as alternativas de investimento viáveis na sua região, as oportunidades mais adequadas ao seu empreendimento, os respectivos custos e como transformar a propriedade rural num negócio rentável.
 
Hoje e amanhã, dias 27 e 28 de outubro acontece o módulo sobre “gestão da propriedade”. Os alunos vão aprender a calcular o custo de produção utilizando planilha específica do projeto, observando a administração da empresa rural e também sobre os conceitos de custos, depreciação e análises econômicas.
 
O segundo módulo será nos dias 3 e 4 de novembro, sobre mercados futuros. Nessa fase, os alunos vão aprender a calcular os riscos de preço, considerado as possibilidades de alta e queda de valores dos insumos.
 
No dia 9, o último módulo, com carga de duas oito horas/aula, o tema será seguro agropecuário, para treinar os alunos sobre como calcular e interpretar os riscos de produção, principalmente em relação às perdas decorrentes de fenômenos climáticos adversos ou de pragas e doenças através do Seguro Rural.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Chamadas de fixo para celular ficarão em média 0,4% mais baratas
UEMS
Universidade abre concurso para professores em quatro cidades de MS
AQUIDAUANA
Homem escorrega em barranco e desaparece nas águaa do Rio Negro
FENÔMENO
Vem aí a última chuva de meteoros do ano; veja dicas para observar
CAPITAL
Vendedora de salgados acha bolsa com o 13° de idosa e devolve
CAMPO GRANDE
Mulher cai em golpe do prêmio por telefone e perde quase R$ 3 mil
REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias
JUSTIÇA
Nova diretoria da Amamsul será empossada na próxima sexta-feira
EDUCAÇÃO
UEMS divulga versão preliminar do Projeto Pedagógico Institucional
JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto