Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Sindicato prepara notificação sobre greve de servidores por atraso de salários

09 setembro 2019 - 10h25Por André Bento

A Prefeitura de Dourados deve ser notificada ainda na manhã desta segunda-feira (9) sobre a possível deflagração de greve em 72 horas caso persista o atraso nos salários de servidores públicos municipais. Essa informação foi confirmada ao Dourados News pelo advogado Apolinário Benitez Alfonso, que prepara o documento.

Funcionário do Sinsemd (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dourados), ele detalhou que a prefeita Délia Razuk (sem partido) será cobrada a efetuar os pagamentos pendentes e alertada sobre paralisação já aprovada pelo funcionalismo durante assembleia extraordinária realizada dia 12 de agosto.

“Essa notificação será levada agora cedo lembrando a prefeita que existe dispositivo legal estabelecendo que o servidor preferencialmente tem que receber no 5º dia útil do mês subsequente ao trabalho, pedindo para que ela pague o restante que está faltando porque na assembleia feita pelos servidores naquele dia deliberaram que não havendo o pagamento integral após 72 horas da notificação haveria essa paralisação”, detalhou Alfonso.

Segundo o advogado do Sinsemd, caso a folha salarial não seja integralmente paga até quinta-feira (12), essa paralisação deve começar com nova assembleia para os servidores definirem detalhes. “O que a assembleia definiu é que haverá paralisação, o modo e como vai detalhar em outra assembleia”, explicou.

Neste mês, a prefeitura escalonou os pagamentos e disse que apenas trabalhadores com salários líquidos de até R$ 4,1 mil, 75,42% do quadro, receberiam no quinto dia útil, enquanto os demais, um quarto do total, só devem receber nesta semana.

Ainda na manhã de sexta-feira (9), um grupo de servidores recorreu à presidente do Sinsemd, Rosa Helena Catelan, que garantiu o envio da notificação à prefeita caso os proventos não fossem creditados até 23h59 daquele mesmo dia.

A possibilidade de greve foi aprovada durante assembleia extraordinária realizada no dia 12 de agosto pelo sindicato, ocasião em que o funcionalismo público municipal queixava-se do parcelamento da folha salarial, quando somente 44% dos vencimentos foram pagos no quinto dia útil do mês e os 56% restantes na semana seguinte, quando a paralisação era iminente.

Na manhã de sábado (7), durante o desfile cívico-militar da Independência, a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza, informou ao Dourados News que 100% da folha de pagamentos da Funsaud (Fundação dos Serviços de Saúde de Dourados) já havia sido quitada pela administração pública do município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFESA
Major que atirou na cabeça do ex-namorado tinha medida protetiva
OPERAÇÃO LOBO GUARÁ
UEMS é selecionada para participar do Projeto Rondon em 2020
CAPITAL
Diarista cai em buraco na calçada, machuca perna e fica sem trabalhar
STF
Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e pode ser extraditado aos EUA
TRÊS LAGOAS
Técnico de enfermagem apanha em UPA e aciona a polícia
SAÚDE
Brasil monitora apenas um caso suspeito do novo coronavírus
NAVIRAÍ
Por dinheiro, policial facilitava entrada de celulares e droga em presídio
POLÍTICA
Nelsinho Trad oficializa pedido para reativar Parlamento Amazônico
CAMPO GRANDE
Durante discussão, major da PM atira contra o ex-namorado
TENTATIVA
Petroleiros suspendem greve após 20 dias para negociar acordo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia