Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Semsur limpa terreno que virou lixão e pede bom senso à população

28 novembro 2012 - 20h30

Mais uma vez a Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) está limpando a área próxima ao Parque Ambiental Rego D’Água Primo Fioravante Vicente, em frente ao Brasil 500. A área doada ao Estado para a construção de uma escola técnica é usada diariamente pela população para descarte de lixo. Segundo o secretário de Serviços Urbanos Luis Roberto Martins, a população deve usar os ecopontos existentes na cidade e evitar de jogar lixo onde é proibido.



“Dourados possui três áreas de ecoponto destinadas ao depósito de galhos provenientes de poda, tem coleta de lixo, tem aterro sanitário e ainda empresa responsável pela destinação de resíduos perigosos. Mesmo assim muitas pessoas continuam usando áreas urbanas inadequadas para depositar todo e qualquer tipo de lixo. O que resta é pedirmos bom senso aos cidadãos”, disse o secretário.



A Semsur reforça que a área em frente ao Parque Rego D’Água não é um dos pontos de descarte de lixo.



Os ecopontos para depósito de galhos ficam Rua Honduras, no Parque das Nações I (Viveiro de Mudas), às margens da Via Parque na região do Jardim Clímax e no Jardim Novo Horizonte, na rua Lindalva Marques Ferreira. Uma quarta área está sendo instalada na região do trevo da Coronel Ponciano com a BR-163.



O secretário afirmou que a solução definitiva para o problema no Parque Rego D’Água será a construção da escola técnica. “Só assim as pessoas deixarão de usar a área como lixão”, afirmou ele, lembrando que antes de a área ser doada, havia a intenção de fazer licitação para cercar o terreno. “Depois que foi doado ficou inviável”.



O local tem uma placa avisando ser proibido jogar lixo, mas muitas pessoas, inclusive carroceiros, continuam jogando todo tipo de material no terreno. Por várias vezes a Rua Salviano Pedroso, antiga W-13, fica interditada pelo lixo.



Em Dourados, o Imam (Instituto Municipal de Meio Ambiente) é responsável pela fiscalização. A secretária de Meio Ambiente Valdenise Carbonari alerta a população sobre a legislação e a punição para quem for pego depositando lixo em locais inadequados. As multas variam de R$ 400 a R$ 40 mil, dependendo do local de depósito inadequado e do tipo de lixo.



“O douradense precisa entender que é responsável pelo próprio lixo. Não pode transferir isso ao vizinho quando sai do seu bairro e joga lixo no outro bairro. Temos os ecopontos e a coleta. Basta agora bom senso”, afirmou a secretária.



DESTINAÇÃO

Os chamados ecopontos ainda funcionam de maneira improvisada, mas são áreas de propriedade da prefeitura para receber galhos de podas de árvores.



Já o lixo orgânico deve ter destinação diferenciada. Conforme o secretário Luis Roberto, qualquer lixo que seja enquadrado como orgânico deve ser ensacado e destinado à coleta de lixo, serviço feito por uma empresa contratada pela prefeitura.



Esses resíduos são levados ao aterro sanitário, cuja entrada só é permitida a caminhões autorizados. “É inadmissível que o cidadão que tem coleta na sua rua jogue lixo em terrenos baldios inapropriados”, afirmou o secretário.



Valdenise Carbonari ainda ressaltou que está em fase de licença a instalação de uma empresa destinada a reaproveitar lixo proveniente de construção civil. “Vai ser mais um importante passo”, disse ela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Irmãos vão parar no CTI após explosão de chapa em confraternização
EDUCAÇÃO
Prazo para participar da lista de espera do ProUni termina hoje
BR-267
Carreta bate em 3 veículos durante interdição após acidente com morte
INFORME PUBLICITÁRIO
Para alguns alunos de Dourados, o futuro da Educação já é realidade
TEMPO
Terça-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
SHOWBIZZ
Geisy Arruda posa de biquíni e avisa: “De volta à dieta e treinos”
CORUMBÁ
Flagrado pedindo propina, ginecologista foi denunciado por abuso sexual
SAÚDE
No Dia do Homem, endocrinologistas fazem campanha contra anabolizantes
TRÊS LAGOAS
Durante manutenção em terreno, trator gera faíscas e incendeia aeroporto
CAMPO GRANDE
Homem manteve ex grávida em cárcere porque 'não queria ter filhos' diz Polícia

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos