Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Seis projetos e dois vetos são aprovados pela Câmara

20 agosto 2019 - 13h20Por Da Redação

A Câmara de Dourados aprovou, durante sessão ordinária desta segunda-feira (19), seis projetos e dois vetos integrais. Ainda durante a sessão, os vereadores Cirilo Ramão (MDB), Pedro Pepa (DEM) e Braz Melo (PSC), afastados por decisão judicial, foram reconduzidos aos cargos.

Em única discussão e votação, foram aprovados os vetos integrais, do Poder Executivo, nº 005/2019 e nº 006/2019 aos projetos de Lei nº 062/2019, de autoria do vereador Elias Ishy (PT), que dispõe sobre a padronização de uniformes e kits escolares da Rede Municipal de Ensino, e nº 094/2019, de Lia Nogueira (PL), que dispõe sobre a implantação da carteira de vacinação eletrônica no município.

Em 2ª discussão e votação, foi aprovado o Projeto de Lei nº 119/2019, de autoria do vereador Mauricio Lemes (PSB), que denomina como “Cenira Pagliarini Pinto” o Centro Social no Residencial Honório Almeirão.

Também de autoria de Maurício Lemes foram aprovados os projetos de Lei nº 134/2019 e 135/2019 que denomina como “Rua Pastor Rubens Francisco Carneiro” o Corredor 23 e como “Rua João Batista Maciel” o Corredor 25, localizados no Bairro Sitioca Campina Verde.

Em única discussão e votação, foram aprovados decretos legislativos, de autoria dos vereadores Olavo Sul (Patriota), Sergio Nogueira (PSDB) e Junior Rodrigues (PL), respectivamente, que concedem diploma de Jubileu de Papel à Clínica Veterinária Univet, alusivo ao 1º ano no município, diploma de Jubileu de Turmalina ao Cei (Centro de Educação Infantil) Esther Gomes Ergas, em reconhecimento aos 16 anos de relevantes serviços prestados na área da educação, e diploma de Honra ao Mérito a João Paulo Silva Martins, em reconhecimento a atuação profissional representando Dourados.

Por fim, ainda foi sorteada a presidência da Comissão Processante deliberada para investigar o pedido de cassação do mandato de Junior Rodrigues, protocolado na Casa de Leis no mês de maio. Marcelo Mourão foi substituído por Daniela Hall (PSD) na presidência, tendo Silas Zanata (Cidadania) e Olavo Sul (Patriota) como relator e membro, respectivamente.


 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Alvo da PF, Bezerra põe o cargo de líder do governo no Senado à disposição
CRIME AMBIENTAL
Grupo é multado em quase R$ 300 mil por desmatamento ilegal
QUEIMADAS
MS recebe suporte do Governo Federal para combate aos incêndios
TEMPO
Pancada de chuva não ameniza e ‘calorão’ continua em Dourados
BRASIL
Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas
COETRAE-MS
Comissão para tratar da erradicação do trabalho escravo é instituída em MS
DOURADOS
Seminário sobre suicídio e violência na população LGBTs+ contou com três palestras nesta quinta
MS
Homem é autuado em R$ 107 mil por desmatamento ilegal
BRASIL
Aluno de 14 anos esfaqueia professor em escola na zona leste de SP
SELEÇÃO BRASILEIRA
Tite chama amanhã jogadores para amistosos de outubro

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção