Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Secretário sugere diálogo com candidatos em 2020 por dinheiro e autonomia para Cultura

09 outubro 2019 - 09h10Por André Bento

O secretário municipal de Cultura, Clarindo Cleber Gimenes, sugere que possíveis candidatos à Prefeitura de Dourados em 2020 sejam procurados para uma conversa na tentativa de garantir “mais autonomia e verbas fixas para desenvolver atividades culturais relevantes ao município” nos próximos quatro anos.

Segundo ele, o edital do FIP (Fundo Municipal de Investimentos à Produção Artística e Cultural) deverá ser lançado oficialmente apenas no primeiro semestre do ano que vem, “afim de garantir que o recurso seja realmente liberado, visto que a Administração neste momento só garante a previsão”.

As justificativas apontadas pelo gestor são o Decreto nº 1.849 de 28 de maio de 2019, por meio do qual a prefeita Délia Razuk determinou o contingenciamento de R$ 31 milhões do orçamento municipal, e a falta de tempo hábil para que o edital possa correr ainda este ano, “visto que o mesmo demora em média três meses”.

Todas essas informações foram prestadas pelo secretário durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Políticas Culturais realizada no dia 19 de setembro, e constam na ata publicada na edição de terça-feira (7) do Diário Oficial do Município.

Presidente do Conselho, Thiago Rotta de Lima lamentou nessa mesma ocasião que o FIP (Fundo Municipal de Investimentos à Produção Artística e Cultural) “não vai ser realizado pelo terceiro ano consecutivo por falta de dinheiro da prefeitura e que a falta de diálogo”. Queixou-se ainda de que o fato de o edital ter que ser autorizado por mais de uma secretaria, além do aval final da prefeita, “dificulta ainda mais, visto que alguns setores não entendem o real valor de um edital como este para a Cultura de Dourados”.

Foi após essa queixa que o secretário sugeriu que “o Conselho poderia redigir um documento descrevendo as principais sugestões de ação que a Cultura poderia desenvolver ao longo dos próximos anos e com isso agendar uma reunião com os possíveis candidatos a Prefeito de Dourados o ano que vem afim de tentar garantir que os próximos quatro anos a SEMC, o Conselho e o Fórum possam ter mais autonomia e verbas fixas para desenvolver atividades culturais relevantes para o Município”.

Nomeado pela prefeita em 30 de julho, Clarindo Cleber Gimenes substituiu Weslei de Queiroz Santos, que comandava a pasta de forma interina desde o dia 12 de julho, após Jorge Augusto Ramos Lopes pedir para deixar o cargo. De 25 de setembro a 1º de outubro, Clarindo permaneceu afastado, após pedir licença para tratar de assuntos particulares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Deputados aprovam Plano Plurianual e outras 21 matérias
SUL DE MS
Operação desarticula quadrilha, apreende armas, drogas e dinheiro
NAS AREIAS
Atletas de 4 municípios disputam o reinado do beach tennis no MS
MATO GROSSO DO SUL
Projeto de Marçal sobre acompanhamento domiciliar a pacientes com câncer vai à sanção
BRASIL
Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS
DOURADOS
Pré-matrícula na Rede Municipal vai até dia 23 de dezembro
ALMS
Rotary Club de Maracaju pode ser declarado de utilidade pública
FUTEBOL
Times de MS conhecem adversários na Copa do Brasil
TERCEIRA EDIÇÃO
Festival de Ginástica Artística encerra atividades do projeto 'Ginaslouquinhos'
REGIÃO
PMA aplica multa de R$ 25 mil após constatar degradação em APP

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados