Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Secretário sugere diálogo com candidatos em 2020 por dinheiro e autonomia para Cultura

09 outubro 2019 - 09h10Por André Bento

O secretário municipal de Cultura, Clarindo Cleber Gimenes, sugere que possíveis candidatos à Prefeitura de Dourados em 2020 sejam procurados para uma conversa na tentativa de garantir “mais autonomia e verbas fixas para desenvolver atividades culturais relevantes ao município” nos próximos quatro anos.

Segundo ele, o edital do FIP (Fundo Municipal de Investimentos à Produção Artística e Cultural) deverá ser lançado oficialmente apenas no primeiro semestre do ano que vem, “afim de garantir que o recurso seja realmente liberado, visto que a Administração neste momento só garante a previsão”.

As justificativas apontadas pelo gestor são o Decreto nº 1.849 de 28 de maio de 2019, por meio do qual a prefeita Délia Razuk determinou o contingenciamento de R$ 31 milhões do orçamento municipal, e a falta de tempo hábil para que o edital possa correr ainda este ano, “visto que o mesmo demora em média três meses”.

Todas essas informações foram prestadas pelo secretário durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Políticas Culturais realizada no dia 19 de setembro, e constam na ata publicada na edição de terça-feira (7) do Diário Oficial do Município.

Presidente do Conselho, Thiago Rotta de Lima lamentou nessa mesma ocasião que o FIP (Fundo Municipal de Investimentos à Produção Artística e Cultural) “não vai ser realizado pelo terceiro ano consecutivo por falta de dinheiro da prefeitura e que a falta de diálogo”. Queixou-se ainda de que o fato de o edital ter que ser autorizado por mais de uma secretaria, além do aval final da prefeita, “dificulta ainda mais, visto que alguns setores não entendem o real valor de um edital como este para a Cultura de Dourados”.

Foi após essa queixa que o secretário sugeriu que “o Conselho poderia redigir um documento descrevendo as principais sugestões de ação que a Cultura poderia desenvolver ao longo dos próximos anos e com isso agendar uma reunião com os possíveis candidatos a Prefeito de Dourados o ano que vem afim de tentar garantir que os próximos quatro anos a SEMC, o Conselho e o Fórum possam ter mais autonomia e verbas fixas para desenvolver atividades culturais relevantes para o Município”.

Nomeado pela prefeita em 30 de julho, Clarindo Cleber Gimenes substituiu Weslei de Queiroz Santos, que comandava a pasta de forma interina desde o dia 12 de julho, após Jorge Augusto Ramos Lopes pedir para deixar o cargo. De 25 de setembro a 1º de outubro, Clarindo permaneceu afastado, após pedir licença para tratar de assuntos particulares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Mulher é agredida com golpes de capacete e esfaqueada pelo marido
UEMS
Apresentação de dança ajuda na construção do Hospital de Amor de Dourados
ECONOMIA
Setembro tem a maior criação de emprego para o mês desde 2013
NAVIRAÍ
Médico diz que ganha pouco, se recusa a atender grávida e acaba preso
JUSTIÇA
Banco deve encerrar financiamento estudantil e indenizar acadêmico
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta após dia de sobe e desce
ECONOMIA
Dourados é responsável por mais de um terço dos empregos criados no Estado em setembro
CONTRABANDO
Veículos abarrotados com quase meio milhão de maços de cigarros são apreendidos
FRONTEIRA
Pai e filho são presos por envolvimento em assassinato de idoso
SAÚDE PÚBLICA
Prazo para exames de diagnóstico de câncer pelo SUS em 30 dias é aprovado no Senado

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira