Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Secretária diz que mudanças em postos de saúde vão desafogar UPA

08 outubro 2019 - 10h59Por André Bento

A secretária municipal de Saúde de Dourados, Berenice de Oliveira Machado Souza, afirma que as mudanças previstas para os próximos dias, com fechamento de postos de saúde que funcionam em prédios alugados e remanejamento das equipes para ampliação de expediente em outras unidades, vão desafogar a UPA 24 Horas (Unidade de Pronto Atendimento).

Essa pretensão da prefeitura foi revelada pelo Dourados News no dia 29 de setembro e devem ocorrer porque o município aderiu ao programa “Saúde na Hora”, lançado em maio deste ano pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esperado na cidade no próximo dia 18.

Por repasses federais para unidades básicas de saúde que ampliarem o horário de atendimento entre 60 horas e 75 horas semanais,  as equipes do ESF 24, atualmente na Rua João Paulo Garcete, número 4810, Jardim Piratininga, e do ESF 42, Chácara dos Caiuás, localizado em uma casa adaptada na Rua Trinta e Um de Março, número 1945, no Jardim dos Estados, devem ser realocadas no ESF 43, na Vila Índio, esquina entre as ruas Ponta Porã e Alberto Maxwel.

Além disso, a Estratégia Saúde da Família 41, na Rua João Vicente Ferreira, número 160, na Vila Matos, deve ter toda sua equipe, com ao menos 13 profissionais, enviada ao posto da Seleta, na Rua José Roberto Teixeira, número 691, no Jardim Flórida.

“A gente está estruturando a outra unidade para fazermos a mudança. Temos que unir as três equipes para atender 100% a nossa região, porque hoje só tem alcance de 70%. Com o Saúde na Hora atenderemos toda a região, independentemente de onde mora o paciente. As unidades desse programa ficam abertas 12 horas sem interrupção, com equipes se revezando, enquanto uma atende dentro a outra faz as visitas com trabalho de prevenção”, informou Berenice.

Na manhã desta terça-feira (8), durante a abertura da campanha de prevenção ao câncer de mama, “Outubro Rosa”, em evento na Clínica de Atendimento à Mulher, ela falou com exclusividade ao Dourados News e informou que as mudanças também diminuem custos com alugueis e garantem repasses federais para reforma. "Como reformar uma unidade alugada? Tem que escolher unidade própria para reformar, porque é um bem da população”, pontuou.

A secretária também rebateu os dois pontos mais criticados do projeto, relativos à maior distância que pacientes precisarão percorrer rumo aos postos de saúde e à capacidade de atendimentos nas unidades que concentrarão até três equipes.

“A estrutura vai comportar”, resumiu. “A distância, hoje os pacientes andam muito mais indo à UPA. Vão ter atendimento ali, não vão ter que atravessar a cidade para ir à UPA para completar os atendimentos. Vamos melhorar acesso, mais exames, vai aumentar a oferta de atendimentos”, garantiu.

Berenice cita que o atendimento médico em Dourados tem no Hospital da Vida urgência e trauma, e na UPA urgência. “Mas a UPA fica atendendo atenção básica e isso gera tumulto. A população espera horas. Centralizando o Saúde na Hora tem ganho porque ali também vai fazer todos os procedimentos, não vai ter que ficar na UPA esperando horas e horas”, diz.

Ela detalha ainda que até mesmo a falta de médicos pode ser solucionada com a adesão ao programa federal. “Você pode por 10 médicos hoje na UPA que não dá conta da demanda. Hoje a gente não consegue médico para 40 horas, mas no Saúde na Hora os médicos podem trabalhar 20 horas. Você vai ter médico trabalhando 20 horas se revezando, vai ter atendimento adequado, o paciente vai parar de ser encaminhado por não ser da área, essa peregrinação da população vai acabar com o Saúde na Hora. Essa é a ideia do ministro desde o começo, trabalhar na atenção primária”, reforçou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Apresentação de dança ajuda na construção do Hospital de Amor de Dourados
ECONOMIA
Setembro tem a maior criação de emprego para o mês desde 2013
NAVIRAÍ
Médico diz que ganha pouco, se recusa a atender grávida e acaba preso
JUSTIÇA
Banco deve encerrar financiamento estudantil e indenizar acadêmico
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta após dia de sobe e desce
ECONOMIA
Dourados é responsável por mais de um terço dos empregos criados no Estado em setembro
CONTRABANDO
Veículos abarrotados com quase meio milhão de maços de cigarros são apreendidos
FRONTEIRA
Pai e filho são presos por envolvimento em assassinato de idoso
SAÚDE PÚBLICA
Prazo para exames de diagnóstico de câncer pelo SUS em 30 dias é aprovado no Senado
CRISE NO PSL
Delegado Waldir permanecerá como líder do PSL na Câmara

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira