Menu
Busca domingo, 09 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
SAÚDE

Saúde garante R$ 11,44 milhões para hospitais universitários do Mato Grosso do Sul

27 outubro 2017 - 13h35Por Da redação

Em Mato Grosso do Sul, três hospitais universitários localizados nos municípios de Campo Grande e Dourados, têm garantido mais R$ 11,44 milhões para custeio dos atendimentos oferecidos à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) e, ainda, para reforma e adequações, conclusão de obras, além de aquisição de equipamentos e materiais permanentes. 

Os recursos foram liberados pelo Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF). No total, a pasta investe, agora, R$ 220,85 milhões em 48 Hospitais Universitários Federais, de 22 estados brasileiros e Distrito Federal. O Ministério da Saúde destina esses recursos para restruturação dos hospitais universitários, efetivamente com reformas e aquisição de equipamentos. Esse reforço contribui para melhorar a qualidade dos equipamentos disponíveis, tanto para ensino e pesquisa como para o atendimento à população. 

“Temos interesse na estruturação desses hospitais para que eles possam, cada vez mais, ajudar no atendimento do SUS. Os hospitais universitários configuram uma estrutura muito grande, são mais de 40 hospitais em todo o país. Embora focados no ensino, eles fazem uma boa parte de atendimento assistencial à Saúde e, em alguns casos, são a principal referência de atendimento à população”, destacou o ministro Ricardo Barros.

As portarias Nº 2766/2017 e Nº 2767/2017, que autorizam os repasses da verba, foram publicadas no Diário Oficial da União (D.O.U) de 23 de outubro de 2017. São R$ 4,79 milhões para o Universitário da Grande Dourado e R$ 6,65 milhões para o Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian. 

Aprovados em lei orçamentária, os valores são pagos pelo Ministério da Saúde, em parcela única, para as instituições universitárias que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas ao porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Os pagamentos são efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde conforme comprovação dos gastos.

Histórico

O REHUF é um programa executado desde 2010 em parceria com o Ministério da Educação e com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Desde então, por parte do Ministério da Saúde, já foram injetados quase R$ 3,06 bilhões nos hospitais universitários, sendo R$ 189 milhões em 2017 e R$ 380 milhões em 2016. 

Além de ser aplicado em pesquisas e na melhoria da qualidade da gestão e do atendimento, o REHUF também pode ser utilizado para reformas e aquisição de materiais médico-hospitalares, entre outras ações, conforme a necessidade e o planejamento da instituição.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BANDEIRANTES
Veículo desgovernado invade canteiro de obras e mata trabalhador na BR-163
DOURADOS
Por força judicial, terceira sessão para definir Mesa Diretora da Câmara é cancelada
CONGRESSO
CPI dos Maus-tratos encerra trabalhos com propostas polêmicas
RORAIMA
Intervenção deverá valer a partir de amanhã até 31 de dezembro
Interventor prepara plano de ação a ser apresentado a Temer
CORUMBÁ
Mulher descobre traição e acaba agredida a pauladas pelo marido
SAÚDE
"Revolução sexual” contra impotência faz 20 anos em 2018
Médicos celebram disponibilidade de remédios para tratar disfunção
CAPITAL
Homem tem o carro incendiado após enteado pegar veículo sem autorização
PRESIDENTE ELEITO
Bolsonaro afirma que irá propor mudanças no sistema eleitoral no 1º semestre de 2019
LEVANTAMENTO
Brasil tem 5,2 milhões de crianças na extrema pobreza e 18,2 milhões na pobreza
ECONOMIA
Inflação cai ao menor nível desde 1994
Indicador fechou novembro com queda de 0,21%. Produtos importantes, como combustíveis, ficaram mais baratos

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Vereadores voltam a “sumir” e eleição da Mesa da Câmara é adiada mais uma vez
DOURADOS
Presos na Cifra Negra devem ser transferidos ainda hoje à PED e delação não é descartada
DOURADOS
Polícia cumpre todos os mandados de prisão em ação que investiga corrupção na Câmara