Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
NASCIMENTO

Samu faz parto de jovem na Reserva Indígena de Dourados

15 setembro 2019 - 08h00Por Gizele Almeida e Osvaldo Duarte

Na noite deste sábado (14), o Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foi acionado para atendimento na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados e a equipe realizou o parto de uma jovem de 19 anos. Não haveria tempo hábil para deslocar a paciente até uma unidade hospitalar e a opção foi do atendimento imediato para o caso. 

Conforme a equipe, quando o Samu chegou a residência da jovem, situada a cerca de 5 km da rodovia, MS 156, ela já estava em avançado trabalho de parto. 

Foi direcionado o atendimento para o bem-estar da mãe e do bebê. Em poucos minutos, um menino de 3 kg e 200 gramas veio ao mundo. 

Imediatamente mãe e filho foram conduzidos ao Hospital Universitário para outros procedimentos. 

Esse é o segundo caso de parto atendido pelo Samu em aldeias indígenas de Dourados, em 2019.  

A jovem apresentava bom quadro de saúde. Além do bebê nascido neste sábado (14), ela tem outros três filhos. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NA FRONTEIRA
Moradora de rua tem parte do corpo queimado em incêndio criminoso
INFECÇÃO VIRAL
Casos suspeitos de coronavírus no Brasil saltam de 20 para 132, diz governo
MAIS DE 30KG
Maconha que seria entregue no Paraná é apreendido em Caarapó
LOTERIA
Veja os números sorteados na Mega-Sena; prêmio é de 200 milhões
CAPITAL
Polícia investiga estupro de mulher em terreno baldio
ECONOMIA
Reabertura dos EUA para carne brasileira é oportunidade para MS
PONTA PORÃ
Homem é executado com tiros de metralhadora na fronteira
PAGAMENTO
Salários de servidores estaduais serão pagos no próximo sábado
IMUNIZAÇÃO
Vacinação contra a gripe é antecipada por causa do coronavírus
REGIÃO
Traficante que consumia drogas na presença do filho de 2 anos é preso

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira