Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Revista Educação da UFGD traz Dossiê sobre Ensino de Ciências

04 janeiro 2013 - 12h49

A Revista Educação e Fronteiras On Line, produzida pela Faculdade de Educação da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), publicou o volume 2, número 06 (setembro/dezembro de 2012) com um Dossiê sobre o “Ensino de Ciências” e diversos artigos que tratam de diferentes temas relacionados à educação.

O Dossiê é formado por quatro artigos: “Ciência, conhecimento e ideais de cientificidade no ensino e na formação de professores de ciências”, de Fabricio do Nascimento; “Formação de professores para o ensino de ciências”, de Hiraldo Serra; “A sala de aula de física: ludicidade e diálogo”, de Edmilson de Souza e Rosemeire Aparecida Nunes de Oliveira; e “Diferentes contextos do ensino de biologia no Brasil de 1970 a 2010”, de Iara Mora Longhini.

A Revista da Faculdade de Educação da UFGD tem por objetivo a difusão de estudos, pesquisas e documentos relativos à educação básica, educação superior, à pós-graduação, priorizando temáticas vinculadas aos fundamentos da educação, às políticas e gestão educacional, à inclusão social, bem como questões relativas à avaliação, planejamento e ao financiamento da educação seja na educação presencial, aberta, continuada ou a distância e valorizando-se o diálogo interdisciplinar.

Link da Revista: http://www.periodicos.ufgd.edu.br/index.php/educacao/issue/current/showToc


###SOBRE O DOSSIÊ

Trecho do Editorial, de autoria de Alessandra Cristina Furtado:

“Os dois primeiros artigos apresentam reflexões sobre o ensino de Ciências e a formação do professor de Ciências. No artigo “Ciência, Conhecimento e Ideias de Cientificidade no Ensino e na Formação de Professores de Ciências”, Fabrício do Nascimento discute os principais aspectos epistemológicos que fundamentam e orientam a atividade científica e analisa suas influências no ensino-aprendizagem das ciências e na formação de professores desta área de conhecimento. Os resultados deste artigo apontam a necessidade urgente de oferecer aos professores de Ciências uma sólida formação científica, numa perspectiva reflexiva, crítica e cidadã.

No artigo “Formação de Professores e Formação para o Ensino de Ciências”, o autor Hiraldo Serra apresenta concepções de formação docente e formação para o ensino de Ciências encontradas na literatura, bem como uma análise crítica de orientações preconizadas por documentos curriculares que influenciam significativamente a prática docente. Neste artigo, o autor aponta a importância dos conhecimentos específicos e pedagógicos na formação de professores, pois são conhecimentos que devem estar presentes na prática docente, de forma a proporcionar uma aprendizagem significativa, levando em conta as diversas teorias de ensino-aprendizagem.

No que diz respeito à formação para o ensino de Ciências, o autor demonstra que é possível perceber que diversos fatores devem ser considerados no processo de Alfabetização Científica, como o interesse e a importância dos temas para os alunos, bem como sua compatibilidade com os conteúdos científicos a serem desenvolvidos em determinado nível escolar. E, por fim, com relação às análises das concepções a respeito do ensino de Ciências nos PCN, foi possível verificar que os documentos apresentam a ciência de forma ingênua e que ocorre falta de posicionamento em relação às concepções epistemológicas de Ciência, fato que pode induzir os professores a entenderem que a ciência somente é feita a partir da descoberta de fenômenos.

Em outra perspectiva do ensino de Ciências, os autores Edmilson de Souza e Rosemeire Aparecida Nunes de Oliveira, no artigo “A sala de aula de Física: ludicidade e diálogo”, partem do planejamento e aplicação de um grupo de aulas de Física com elementos que implicam na participação direta dos estudantes através da manipulação de objetos, da construção de discursos com fatos hipotéticos, da criação de momentos de diálogo e conflito de ideias, e uso de mídias com animações, buscando compreender a abrangência dessa prática. Os resultados evidenciam que a ação lúdica auxilia na integração entre os estudantes, fortalecendo as relações pessoais, o processo criativo de cunho social. Percebe-se também um campo de oportunidades para compreender os processos emocionais envolvidos na aprendizagem, além de estimular a formação do espírito crítico.

Finalizando o Dossiê, o artigo de Iara Mora Longhini, intitulado “Diferentes contextos do Ensino de Biologia no Brasil de 1970 a 2010”, traça um panorama histórico sobre o ensino de Biologia, no Brasil, no período de 1970 a 2010. A década de 1970 tem seu enfoque na experimentação e na vivência do método científico; a década de 1980 é caracterizada pelos processos de investigação científica e pela formação de habilidades cognitivas e sociais. Neste artigo, a autora pôde verificar, por meio de breve retrospecto histórico, que o ensino das Ciências, em geral, e da Biologia, em especial, passou por diferentes contextos históricos, no período de 1970 a 2010: inicialmente, dava ênfase excessiva à vivência do método científico; depois passou a valorizar as relações entre ciência, tecnologia, sociedade e ambiente, pela consideração das ideias prévias dos alunos, até a importância de se levar em consideração o contexto social e as relações estabelecidas na construção ativa do conhecimento científico.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Rihanna aumenta a temperatura com foto sensual no Instagram
INFRAESTRUTURA
Governo vai pavimentar rodovia que liga Norte do MS ao Pantanal e Bonito
HISTÓRICO ESCOLAR FALSO
Condenação por falsificação e estelionato é mantida pela 3ª Câmara Criminal
BRASIL
Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos
LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital
ITAPORÃ
Durante ação voltada ao meio-ambiente, maconha é encontrada às margens de rodovia

Mais Lidas

TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo
DOURADOS
Manicure vai atender cliente e tem moto furtada no centro