Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Retrospectiva 2012: Cineclube UFGD aumentou a participação do público

29 dezembro 2012 - 09h15

#####Assessoria





Mais decisões para elaboração da programação de filmes do Cineclube UFGD foram tomadas pelo público do projeto em 2012. A maioria dos filmes mais votados pelos inscritos, por meio da lista de e-mails dos participantes, foram os longas-metragens exibidos durante os nove meses de sessões gratuitas, no cineauditório da Unidade 1 da UFGD.



Os selecionados pelo público no primeiro semestre foram apresentados por meio das temáticas “Clássicos do Terror” ("The Lodger" – Ódio que Mata – baseado no romance “Jack, o Estripador”, de Marie Belloc Lowndes; “Frankenstein” – baseado no livro de Mary Shelley; e “Nosferatu - Uma Sinfonia do Horror” – clássico expressionista do cinema mudo - baseado no célebre romance Drácula de Bram Stoker) e “Clássicos da Comédia”( “O Grande Ditador’’, “O batedor de carteiras”, “O homem do Sputnik” e “O corintiano”).

No segundo semestre, os inscritos escolheram a programação através das opções que chegaram ao Cineclube UFGD por meio da Ancine (Agência Nacional do Cinema): “Não por acaso”, “O maior amor do mundo”, “Sexo con Amor”, “Irma Vap, o retorno”, “Batismo de Sangue”, “Chega de Saudade”, “Tapete Vermelho”, “Espelho D’Água- Uma viagem no Rio São Francisco” e “Estamira”.



Como em 2011 foram realizadas Mostras de filmes internacionais (canadenses, chineses e franceses) e nacionais (“Brasil Migrante” e “Ditadura e Resistência”) que precisaram de muita antecedência para serem organizadas, as decisões partiram da diretoria do Cineclube, sendo que somente a programação do segundo semestre de 2009 havia sido decidida pelos inscritos. Portanto, a programação de 2012 foi a que contou com maior participação do público na escolha dos filmes.



NOVIDADES DE 2012

Outro diferencial da programação de 2012 foi a realização da 1ª Mostra de Cinema Regional, com sessões dias 08 e 15 de dezembro, com os filmes: “A Caçada de El Cabrón”e “Cova Aberta”, dirigidos por Cine Rústiko; “Ara-Ypy”, de direção conjunta de alunos de Artes Cênicas; “Psicoses de um homem”, dirigido por Wilyam Nicolay; “O Regenerado”, dirigido por Celso Marques; “Só um toque”; “Jefferson o Office boy parte 1”; “Batman, O Cavaleiro Das Travas” e “Refém”, de autoria do grupo Sapo Terrorista.



Uma média de 60 pessoas participou de cada uma das 37 sessões do Cineclube UFGD, sendo que 1º de setembro foi o dia com maior público (138 pessoas), por causa da exibição e debate do documentário ““FEB - 60 anos”. A sessão contou com apresentação musical de saxofone do maestro Ângelo Vicente, seguida por exibição do filme e debate com o jornalista Helton Costa, autor do livro “Confissões do Front: soldados do Mato Grosso do Sul na II Guerra Mundial”. O livro foi lançado neste evento e contou com a presença do ex-combatente Gonçalo Escolástico, morador de Maracaju.



PROGRAMAÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL

Outras parcerias foram promovidas pelo Cineclube UFGD com objetivo de diversificar a programação. No primeiro semestre foram exibidos os filmes indianos “Taal – A batida do coração” e “IQBAL”, fornecidos pela Embaixada da Índia, internacionalizando a agenda cinematográfica.

Em 28 de outubro, Dourados sediou o Dia Internacional da Animação (DIA), em sintonia com dezenas de países, sendo que em 27 de outubro, o Cineclube UFGD conseguiu pela primeira vez regionalizar a programação do DIA com a apresentação de animações produzidas em Dourados e debate ministrado por Jader Rafaelli Capilé Sanches e Guilherme Nunes.

Já em 24 de novembro ocorreu a exibição do filme “Terra Vermelha”, que caiu no Vestibular da UFGD e foi debatido com o PIBID Filmatura, coordenado pelo professor Paulo Custódio.

Outra atividade em rede foi a edição 2012 do Festival do Minuto, em 24 e 28 de março, e o lançamento nacional no circuito cineclubista do filme O Céu sobre os ombros, em 1º de dezembro, por meio de parceria entre o Cine Mais Cultura – Ministério da Cultura, Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros, produtora TEIA e distribuidora LUME filmes.

Nas 37 sessões de cinema gratuito realizadas pelo Cineclube UFGD durante o ano, ainda foram exibidos filmes fornecidos pela Ancine (“O Magnata”, “Santiago”, “Linha de Passe”, “Soy Cuba – O Mamute Siberiano”, “Estômago – Uma fábula nada infantil sobre poder, sexo e culinária” e“O Banheiro do Papa” - uruguaio) e pela Programadora Brasil (“Encontros e Desencontros do Amor” – curtas e “Por 30 Dinheiros”).



MAIS PARCERIAS

Alguns filmes estiveram relacionados a eventos promovidos na cidade. “Por Trás do Pano”, dirigido por Jorge Furtado, foi apresentado nos dias de realização da II Mostra de Teatro Independente de Dourados e contaram com debate coordenador pelo professor José Parente, do curso de Artes Cênicas da UFGD. “A Hora da Estrela” (baseada no livro de Clarice Lispector), “Macunaíma” (baseado no livro de Mário de Andrade), “Oswald de Andrade” (Programa de Lá Pra Cá) e “Cataguases: Patrimônio do Modernismo” (dirigido por Mariana Ribeiro Tavares) estavam em sintonia com a exposição “Semana de 22 e Modernismo Brasileiro”, do SESC Dourados. Os filmes foram debatidos por Leoné Barzotto (UFGD), autora do livro “Interfaces culturais: the Ventriloquist's tale e Macunaíma”, e por Mariana Ferreira Simões, do departamento de cultura do SESC, que em seguida levou o público para uma visita monitorada à exposição, comentando todas as obras.

Além dessas sessões, outras atividades ocorreram em parceria a movimentos sociais e sindicais, como a exibição do filme chinês “Grandes Pés Bonitos”, fornecido pela Embaixada da República Popular da China e que compôs a programação do Dia Internacional da Mulher e diversos curtas, como “Acorda, Raimundo... Acorda” e os de autoria de Onildo Lopes, estes sobre agressões ao meio ambiente em Dourados, que compuseram a programação do Dia do Trabalhador, no Parque Antenor Martins. “Acorda, Raimundo... Acorda” também foi exibido e debatido em 07 de março, como parte do Dia da Mulher e da programação de recepção aos calouros da UFGD, contando com mais de 650 estudantes.



ATIVIDADES EM 2013

As sessões do Cineclube UFGD estão previstas para retornarem em fevereiro de 2013, são gratuitas, abertas ao público e realizadas no cineauditório da Unidade I da UFGD (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso). Os interessados podem acompanhar a programação pelo site www.cineufgd.blogspot.com.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRAZO
Tribunal Regional do Trabalho encerra inscrições para Programa de Estágio
CAMPO GRANDE
Três homens em veículo furtado são perseguidos e presos pela Polícia
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para Pós em Educação Científica e Matemática
REUNIÃO
Bolsonaro vai à Argentina para participar da cúpula do Mercosul
PARANHOS
"Braço direito" de narcotraficante preso é executado a tiros na fronteira
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência
POLÍCIA
Vítima de tiro do pai, estudante presta depoimento e diz que vai embora
TJ/MS
Coordenadora da Mulher debate violência de gênero em Genebra

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação