Menu
Busca Terça, 16 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Reitor da UFGD apresenta ao MEC projeto do Instituto de Pesquisas

04 Dezembro 2012 - 12h37

Na semana passada, o reitor da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), professor doutor Damião Duque de Farias, esteve em uma audiência com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, onde apresentou o projeto do Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas da UFGD, que prevê a difusão de conhecimentos na área de serviços técnicos e para a transferência de conhecimentos tecnológicos na área de processos produtivos.

A audiência foi viabilizada pelo Senador da República Delcídio do Amaral (PT/MS), e também estavam no encontro o reitor da Universidade Estadual, Fábio Edir, e o deputado federal Antonio Carlos Biffi.

O Instituto de pesquisa, desenvolvimento e ensino, com base em laboratórios e oficinas, estará orientado para a inovação de materiais e tecnologias e a capacitação de pessoas para o trabalho. Ele será formado por três setores: o Núcleo de Pesquisas de Elementos da Natureza, o de Pesquisa e Caracterização Estrutural de Substâncias Orgânicas e o Núcleo de Avaliação e Desenvolvimento de Tecnologia e Produtos. Os investimentos serão de R$ 3,5 milhões somente na construção do prédio e a ideia a é colocá-lo em funcionamento em 2014.

O ministro Mercadante determinou que o corpo técnico do MEC analise os pedidos da UFGD e da Uems que, na oportunidade, também apresentou suas demandas.

###PISCICULTURA
Também na semana passada, a UFGD foi contemplada com a liberação de 2,78 milhões para a implantação de Centro de Piscicultura Experimental, Treinamento e Difusão Tecnológica da Grande Dourados. A liberação da verba pelo governo federal foi publicada no Diário Oficial da União e foi possível mediante a assinatura de Acordo de Cooperação Técnica entre o reitor Damião Duque de Farias e o Ministério da Pesca e Aquicultura.

A implantação do Centro faz parte do objetivo proposto pelo Plano Estratégico para Desenvolvimento da Cadeia do Pescado no Território da Grande Dourados, desenvolvido pelo Grupo de Trabalho Territorial para o Fortalecimento da Cadeia do Pescado (GTT Pescado), do qual a UFGD é integrante.

O plano tem como metas, entre outros itens, incorporar 700 agricultores familiares na atividade da piscicultura, elevar a produtividade para sete toneladas por hectare ao ano, num total de 13 mil toneladas anualmente, e fornecer pescado para a merenda escolar da rede pública, além de incentivar o aumento do consumo no território da Grande Dourados e em Campo Grande.

Para tanto, é necessário investir na capacitação, treinamento e pesquisa voltados ao setor, o que vem a ser o objetivo do Centro. Ademais dos acadêmicos que poderão usufruir do espaço para aprendizagem e pesquisa, a comunidade da região, principalmente os trabalhadores que estão diretamente ligados à produção do pescado, terão oportunidades de interação com toda a cadeia produtiva, além de poderem ampliar suas práticas com as capacitações ofertadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Rapaz é sequestrado enquanto esperava esposa em frente a hospital
RURAL
Agricultura familiar marcará precensa na edição 2018 da Showtec
PRAZO
Inscrições ao concurso para Promotor de Justiça Substituto vão até fevereiro
FUTEBOL
Federação muda estréa do Sete de Setembro para o estádio Douradão
SHOWBIZ
Cauã Reymond e Mariana Goldfarb não dividem mais o mesmo teto
ÁGUA CLARA
Acidente entre caminhão e micro-ônibus deixa dois feridos na BR-262
AGENDA
Governadora Rose participa da passagem de comando dos Bombeiros
BOATE
Jovem diz ter sido ameaçado com arma na boca por policial federal
JUSTIÇA
TJ/MS nega recurso a condenado por estupro de vulnerável
EDUCAÇÃO
UFGD oferece cursos gratuitos de informática em bairros de Dourados

Mais Lidas

TRÊS LAGOAS
Mulher é morta pelo marido com tiro nas costas na frente da filha
OUSADIA
Polícia e agentes abatem drone que sobrevoava penitenciária em Dourados
POLÍCIA
Operações da Polícia Militar levam 29 pessoas às delegacias de Dourados
ARAL MOREIRA
Jovem de 21 anos é assassinado com tiros de escopeta na fronteira