Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
RUFIANISMO

Rede de prostituição funcionava há três meses

20 setembro 2017 - 09h43

A rede de prostituição desarticulada na terça-feira (19) em Dourados funcionava há pelo menos três meses, segundo Rafael dos Santos, 19, preso por policiais civis por envolvimento no caso. Os programas eram realizados na casa dele, na rua Onofre Pereira de Matos, região do Jardim Clímax.

Apesar da afirmativa do rapaz, os investigadores acreditam que as ações ocorrem há mais tempo.

Duas adolescentes, de 15 e 16 anos, foram encontradas no local.

A irmã de Rafael, Franciele dos Santos, que estava na casa, também acabou presa por conta de mandado de prisão contra ela.

Conforme as menores, os programas custavam em torno de R$ 150 a R$ 250 e parte do combinado era repassado ao rapaz.

As investigações continuam e não se descarta a existência de mais pessoas ‘agenciadas’ pelo acusado. No aparelho de telefone celular dele, policiais encontraram arquivos de fotos com várias outras mulheres.

O caso

Policiais civis do 1º Distrito Policial e do SIG (Setor de Investigações Gerais) desarticularam na noite de terça-feira (19) uma rede de prostituição em Dourados.

De acordo com o boletim de ocorrência, conselheiros tutelares souberam do esquema e através de uma ligação, iniciaram contato com uma jovem, menor de idade. Durante as conversas, foram marcados horário e local do encontro para a consumação do ato sexual.

A polícia foi contatada e seguiu na companhia do suposto contratante do serviço até a residência, localizada na rua Onofre Pereira de Matos, Jardim Clímax. No local, encontraram a menor.

Questionada, disse que realizava os programas e repassava parte do dinheiro para Rafael. Outra adolescente também estava na casa no momento do flagrante e também confessou o fato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Detran/MS leiloa material ferroso e quase 800 veículos em dezembro
CÚPULA DO CLIMA
Embaixada da Alemanha contradiz Salles sobre Fundo Amazônia
JUSTIÇA
Conciliação em Jardim conclui divórcio e partilha supera R$ 6 mi
PCC
Suspeito de integrar facção será entregue à polícia brasileira
SAÚDE
Justiça determina que Jamil Name volte a Mato Grosso do Sul em 30 dias
SAÚDE
Mutirão fará diagnóstico precoce de câncer de pele em todo o país
CAMPO GRANDE
Homem morre em confronto com a polícia após grupo roubar mercado
ECONOMIA
Nelsinho Trad libera recursos de mais R$ 1 milhão para Mato Grosso do Sul
FRONTEIRA
Cabeça de adolescente foi cortada ao meio e também estava em tambor
EDUCAÇÃO
UEMS Acolhe devolve esperança para migrantes e estrangeiros

Mais Lidas

JARDIM
Comerciante é preso após balear suspeito de furtar seu estabelecimento
CAARAPÓ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 9.172 terminam dia 09
REENCONTRO
Sandy & Junior teve segunda maior bilheteria por show em 2019
TRAGÉDIA
Corpo de trigêmea afogada no Rio Paraná é encontrado em Guaíra