Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Queremos um aeroporto à altura de Dourados, diz Tetila

23 maio 2011 - 06h40

Segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, capital do agronegócio no Estado, pólo de desenvolvimento regional e cidade universitária. Apesar de todos esses atributos, Dourados não tem um aeroporto condizente com o desenvolvimento da cidade e da região.

O aeroporto municipal Francisco de Matos Pereira, inaugurado em 13 de novembro de 1982, atende toda a região da Grande Dourados, cerca de 38 municípios, mas não tem sequer um vôo direto para a capital paulista, antiga reivindicação de empresários, universitários e da população em geral. “Os vôos ainda não acontecem justamente porque o nosso aeroporto continua com restrições técnicas para operações. Isso limita, inclusive, novos investimentos empresariais, bem como o desenvolvimento técnico, científico e cultural de Dourados e região”, destaca o deputado Laerte Tetila.

Para tentar resolver esse problema, Tetila encaminhou um pedido de reformas e adequações técnicas ao senador Delcídio do Amaral, Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, Vice-Presidente da Frente Parlamentar de Infraestrutura e Relator Setorial de Infraestrutura do Orçamento da União. A intenção é que o senador interceda para que o Ministério da Aeronáutica libere recursos para as melhorias no aeroporto.Entre as adequações estão a ampliação da pista, sala-rádio para controle do tráfego aéreo, guarda volumes, instalação de lanchonete, funcionários e esteira para captação de bagagens. Essas adequações são necessárias para que o aeroporto municipal de Dourados possa operar com novos controles, mais modernos e eficientes.

Para o deputado Tetila, as reformas e as adequações técnicas no Aeroporto devem ser em caráter emergencial, pois, atualmente, os usuários são obrigados a fazer duas escalas e uma conexão para chegar a São Paulo, tornando a viagem longa e cansativa. São, em média, 5 horas e meia até chegar à São Paulo.

“As empresas aéreas já fizeram inúmeros pedidos à ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – para a liberação de linha direta para São Paulo, mas, infelizmente, foram barrados por essas restrições técnicas. Esperamos, agora, com a colaboração do senador Delcídio, ter um aeroporto à altura da região da grande Dourados e, com isso, trazer mais investimentos para a cidade”, salientou o deputado Laerte Tetila.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TJ/MS
Justiça restabelece CNH de caminhoneiro autuado no teste do etilômetro
ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
FUTEBOL
Presidente do Operário solicita arbitragem "neutra" nos jogos do returno do Brasileiro
DOURADOS
“Tenho total desconhecimento desse pedido”, diz Junior sobre cassação
ECONOMIA
Após bater em R$ 4,12, dólar fecha em leve alta
DOURADOS
Defesa fala em ‘caça às bruxas’ em caso de perda de mandato de Idenor
BRASIL
Governo está aberto a mudanças na reforma da Previdência, diz relator
AO VIVO
Câmara julga denúncia de quebra de decoro parlamentar contra Idenor Machado; assista
TRÁFICO
Morador em Rondônia é preso na BR-463 com mais de 600kg de maconha
CAMPO GRANDE
Servidor público é alvo de golpe e criminosos fazem empréstimo de R$ 77 mil

Mais Lidas

DOURADOS
Mulheres são presas ao tentar levar droga para maridos na PED
RODOVIÁRIA
Mulher é presa em Dourados com maconha que seria entregue no RS
DOURADOS
Guarda flagra adolescentes bebendo vodka durante a madrugada no Centro
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira