Menu
Busca sexta, 21 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Queremos um aeroporto à altura de Dourados, diz Tetila

23 maio 2011 - 06h40

Segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, capital do agronegócio no Estado, pólo de desenvolvimento regional e cidade universitária. Apesar de todos esses atributos, Dourados não tem um aeroporto condizente com o desenvolvimento da cidade e da região.

O aeroporto municipal Francisco de Matos Pereira, inaugurado em 13 de novembro de 1982, atende toda a região da Grande Dourados, cerca de 38 municípios, mas não tem sequer um vôo direto para a capital paulista, antiga reivindicação de empresários, universitários e da população em geral. “Os vôos ainda não acontecem justamente porque o nosso aeroporto continua com restrições técnicas para operações. Isso limita, inclusive, novos investimentos empresariais, bem como o desenvolvimento técnico, científico e cultural de Dourados e região”, destaca o deputado Laerte Tetila.

Para tentar resolver esse problema, Tetila encaminhou um pedido de reformas e adequações técnicas ao senador Delcídio do Amaral, Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, Vice-Presidente da Frente Parlamentar de Infraestrutura e Relator Setorial de Infraestrutura do Orçamento da União. A intenção é que o senador interceda para que o Ministério da Aeronáutica libere recursos para as melhorias no aeroporto.Entre as adequações estão a ampliação da pista, sala-rádio para controle do tráfego aéreo, guarda volumes, instalação de lanchonete, funcionários e esteira para captação de bagagens. Essas adequações são necessárias para que o aeroporto municipal de Dourados possa operar com novos controles, mais modernos e eficientes.

Para o deputado Tetila, as reformas e as adequações técnicas no Aeroporto devem ser em caráter emergencial, pois, atualmente, os usuários são obrigados a fazer duas escalas e uma conexão para chegar a São Paulo, tornando a viagem longa e cansativa. São, em média, 5 horas e meia até chegar à São Paulo.

“As empresas aéreas já fizeram inúmeros pedidos à ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – para a liberação de linha direta para São Paulo, mas, infelizmente, foram barrados por essas restrições técnicas. Esperamos, agora, com a colaboração do senador Delcídio, ter um aeroporto à altura da região da grande Dourados e, com isso, trazer mais investimentos para a cidade”, salientou o deputado Laerte Tetila.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Fernanda D’avila posa com lingerie sensual em viagem com o marido
SEU DINHEIRO
Caixa libera consultas sobre PIS por assistente de voz em smartphones
TRÊS LAGOAS
Prefeitura abre inscrições para 352 vagas e salários de até R$ 6.684
CONMEBOL
CBF pede reparação ao Cruzeiro e a Dedé e investigação do VAR
ELEIÇÕES 2018
Em carta, FHC pede serenidade e união entre os partidos
MARACAJU
Bebê de apenas 11 dias morre e Bombeiros são acionados 5 horas depois
SETEMBRO AMARELO
Expotrânsito recebe visitação na Praça Antônio João até esta sexta
CORUMBÁ
Trabalhador é assassinado com várias facadas em estacionamento
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para o Mestrado em Ensino em Saúde
MUNDO NOVO
Integrante do PCC que fugiu de presídio é preso na região de fronteira

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
DOURADOS
Esquema começou há 1 ano e maconha era armazenada em pneus
IVINHEMA
Mecânico morre ao ficar preso em cardan de caminhão
DOURADOS
PF apreende mais de 150 quilos de cocaína na Guaicurus