Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Qualifica Dourados entregou ontem certificado a 431 formandos

18 dezembro 2012 - 12h21

Ao citar Dourados como a cidade que mais cresce e mais gera oportunidades em Mato Grosso do Sul na atualidade, o prefeito Murilo disse durante formatura do programa Qualifica Dourados/Pronatec que a sociedade precisa acompanhar essa evolução. “Temos de crescer juntos com a cidade”, afirmou ele, durante a entrega dos certificados, no auditório da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados).

Murilo ressaltou que a qualificação é o meio para proporcionar esse crescimento, “pois só com uma formação profissional teremos a oportunidade de caminhar juntos com a cidade, em busca principalmente de uma melhor qualidade de vida”.

Murilo destacou a formatura de mais 431 pessoas, que a partir de hoje ficam à disposição de várias áreas do mercado de trabalho após receberem qualificação necessária através da prefeitura, em parceria com o governo federal.

O prefeito lembrou que há pouco tempo as empresas estavam importando mão de obra especializada e hoje a cidade já está formando profissionais para atender esse mercado. “Nós pesquisamos sobre a demanda, para lançar os cursos de acordo com a necessidade, e estamos preparando a mão de obra para atender as empresas”.

Para Murilo, o resultado de toda a preocupação com o programa desde o início de sua administração aparece agora, quando 90% dos quase dois mil trabalhadores qualificados em menos de dois anos já estão em plena atividade.

O prefeito citou o caso da loja de departamentos Havan, que está se instalando na cidade. “Serão oferecidos 200 empregos diretos nessa empresa e o compromisso que a direção fez com gente é de contratar só mão de obra local, qualificada pela prefeitura”.

“É assim que nós trabalhamos e é assim que vamos continuar, porque queremos que cada um de vocês tenha orgulho de dizer que mora em Dourados, que se formou aqui e que quer crescer junto com a cidade que mais se desenvolve no Estado”, enfatizou o prefeito.

###EXPECTATIVA
Para os formandos, a expectativa em torno de uma nova vida é grande. Cláudia Rosa Assunção, que concluiu o curso de confeiteira no Cras (Centro de Referência em Assistência Social) do Parque do Lago, disse, com convicção, que será empresária.

Ela já está comercializando os produtos que aprendeu a fazer e vai montar sua própria confeitaria. “Com certeza a Prefeitura de Dourados está no caminho certo dando a nós a oportunidade de uma vida melhor”, afirmou Cláudia.

O mesmo aconteceu com Benedita Paulino Astolfi, de 72 anos de idade, que concluiu o curso de pintura em tecido no Cras da Vila Cachoeirinha. “Não tenho como agradecer a toda essa equipe, por me presentear com essa nova opção de atividade”.

A formatura do Qualifica Dourados/Pronatec foi acompanhada pelo deputado estadual Laerte Tetila, o vereador Dirceu Longhi, as secretárias municipais Ledi Ferla (Assistência Social) e Neire Colman (Agricultura, Indústria e Comércio) e ainda representantes do Senai e Senac, que ministram os cursos.


Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO
Tecnofam: falando a língua do homem do campo, por Renato Câmara
ANASTÁCIO
10 ficam feridos após reboque de caminhonete se soltar e atingir van
LÍNGUA
UEMS oferece curso gratuito de Inglês em Dourados e Campo Grande
SOLENIDADE
Brigada Guaicurus de Dourados realiza Formatura do Dia do Exército
INFLUENZA
Gripe H3N2 faz segunda vítima do ano em MS
RIGOR
Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado
PRAZO
Inscrições para seleção de estagiário do TRE/MS terminam hoje
APARECIDA DO TABOADO
Corpo de jovem de 21 anos é encontrado boiando em rio
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SHOWBIZ
Thaila Ayala aprecia a natureza de biquíni em cima de uma pedra

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’