Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

PT de Dourados não aceita pré-julgamento de Grandão

14 agosto 2006 - 10h22

O presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, Elecir Ribeiro Arce, disse na manhã desta segunda-feira, que o PT de Dourados não aceita o pré-julgamento contra o deputado João Grandão.O parlamentar foi o que mais trouxe recursos a Dourados na forma de emendas, algo em torno de R$ 33 milhões, o deputado não teve direito de defesa na CPMI da Câmara Federal que investiga o esquema de compra de ambulâncias superfaturadas. Ribeiro Arce lamenta que isso abale a militância justamente porque antes mesmo de se ter provas irrefutáveis os seus adversários estão promovendo o pré-julgamento. "O João é um político extremamente trabalhador, é de origem humilde, tem uma trajetória de vida política ilibada e agora estão tentando macular a sua imagem só porque ele é um homem de resultados na política, que não fica apenas com meias palavras". O partido é irrestrito, afirmou, no apoio ao parlamentar enquanto não se provar o envolvimento no caso. Da mesma forma, o Diretório local vem se empenhando de forma aguerrida na campanha do Tenente Pedro (candidato a deputado), Egon Krachecke (Senado), Delcídio do Amaral (ao Governo) e Lula (reeleição). "O PT igualmente manifesta solidariedade ao grupo político de João Grandão que não é pequeno, está triste com tudo isso, mas está trabalhando firme e determinada na reeleição". Arce lembrou que os dois nomes citados como pessoas ligadas ao deputado e que teriam recebido propina "nunca tiveram essa afinidade com o João (...) Ele jamais se prestaria a esse papel (...) O parlamentar tem certidão da Câmara para provar que nunca teve ligação com o lobbysta Francisco Machado Filho (...) O Jamil Naglis Neto não pertence ao staf há muito tempo". O pré-julgamento visa prejudicar a campanha do João "que mesmo com esses percalços vai de vento em popa. Essa distorção toda só interessa aos adversários", avaliou o presidente, salientando que "enquanto que não se prova nada o João é inocente (...) Ele é vítima desse desserviço". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Florista ferida a tiros está em coma e ex segue internado sob escolta policial
EDUCAÇÃO
Após queixas de alunos, ministro admite erro na correção do Enem
TRÊS LAGOAS
Menina de 4 anos é internada em estado grave após ser picada por escorpião
MIRANDA
Motociclista morre ao bater de frente contra Fiat/Uno na BR-262
CULTURA
Regina Duarte quer uma conversa 'olho no olho' com Bolsonaro
ECONOMIA
Jucems registra abertura de mais de sete mil empresas em 2019
PONTA PORÃ
Do interior de veículo, homem atira contra namorada de 22 anos
PRÊMIOS
Nota Dourada terá primeiro sorteio na proxima segunda-feira
CRIME AMBIENTAL
Aposentado é autuado em R$ 6 mil por desmatamento em área protegida
PRAZO
IFMS encerra amanhã seleção para professores de educação especial

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
DOURADOS
'Rua do medo' tem dois entregadores assaltados em 10 dias
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados