Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
DIGA NÃO AO CRIME

Projeto Diga Não ao Crime encerra ciclo de palestras nas escolas rurais de Dourados

06 setembro 2017 - 11h34

A Assessoria de Comunicação Social do 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados, atualmente coordenada pela 2º Tenente PM Marcela Coca, assessorada pelo 1º Sargento PM Julio CT Arguelho, em parceria com o setor de Educação do Campo da Secretaria de Educação de Dourados, coordenado pela professora Angelita Barros, divulgou esta semana o encerramento do ciclo de palestras do projeto DNC (Diga Não ao Crime).

O trabalho preventivo promovido pela Policia Militar de Dourados, visa inibir a iniciação criminal de jovens e adolescentes na faixa etária de 13 a 17 anos. Durante as palestras, os alunos do sexto ao nono ano das escolas foram instruídos com vídeos que mostram a ação de drogas como o crack, no organismo humano e as consequências criminais de viciados que se tornaram criminosos.

Foram ministrados ainda assuntos como a Lei do Menino Bernardo (Lei da Palmada), consequências do ciclo de uso de drogas, iniciação criminal e consequências criminais. (VICIO> CRIME> PRISÃO OU MORTE).

A coordenadora da Educação do Campo, Angelita Barros, diz que o Sargento Arguelho, atendendo a um pedido da SEMED (Secretaria Municipal de Educação), levou a mensagem do DNC a mais de 300 alunos durante o ciclo de palestras nos distritos.

"A primeira escola atendida foi a escola Coronel Firmino, em Macaúba, no início do mês de agosto. Durante o mês foram atendidas as escolas Ruy Gomes de Vila São Pedro, Padre Anchieta de Vila Formosa, Dom Aquino de Panambi, encerrando na escola Agrotécnica Padre André Capelli, com a presença da secretária Denise Portollann", listou Angelita.

Angelita ressalta ainda que o próximo passo é a ministração de palestras para os alunos da EJA (Educação para Jovens e Adultos), que está sob a coordenação da professora Eulália Rodrigues Saburá.

Sargento da PM em Dourados, Arguelho é o palestrante e idealizador do projeto. Ele diz que o trabalho preventivo visa salvar vidas, não somente dos ouvintes, mas também de familiares e amigos. "É necessário um trabalho contínuo para afastar nossos jovens e adolescentes das drogas e do crime, pois esse mundo os seduz e depois acaba com qualquer expectativa de futuro, tornando-os escravos do vício", disse o sargento.

O projeto deve ser expandido a todas as escolas da rede municipal de ensino no ano de 2018, com duas palestras anuais que devem ultrapassar a 250 horas de ministração preventiva.

"O maior investimento preventivo que podemos fazer em nossa sociedade é trabalhar juntos as escolas na formação moral e intelectual, elevando valores como a honestidade, amizade, ética, lealdade, respeito e solidariedade, para garantir que jovens e adolescente não se iludam com as facilidades oferecidas pelo mundo das drogas e do crime, principalmente na região fronteiriça do estado do MS", conclui o Sargento Arguelho.

O projeto pode ser conhecido através da fanpage do [Facebook](https://www.facebook.com/PROJETODNC) e também da [fanpage do 3º BPM](https://www.facebook.com/3bpmdourados) ou ainda pelos telefones 3902-2575 e 99624-6956.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Travando batalha contra o câncer, Ana Furtado não comparece no É de Casa e entrega: “É uma despedida”
CARACOL
Pecuarista vai ter que pagar R$ 13,8 mil por desmatamento ilegal de 46 hectares de vegetação
CAMPO GRANDE
Motorista é preso por embriaguez e passageiro por quebrar janela de prédio público
POLÍTICA
Comissão se reúne na segunda para discutir e votar parecer sobre unificação das polícias
BANDEIRANTES
Veículo desgovernado invade canteiro de obras e mata trabalhador na BR-163
CONGRESSO
CPI dos Maus-tratos encerra trabalhos com propostas polêmicas
RORAIMA
Intervenção deverá valer a partir de amanhã até 31 de dezembro
Interventor prepara plano de ação a ser apresentado a Temer
CORUMBÁ
Mulher descobre traição e acaba agredida a pauladas pelo marido
SAÚDE
"Revolução sexual” contra impotência faz 20 anos em 2018
Médicos celebram disponibilidade de remédios para tratar disfunção
CAPITAL
Homem tem o carro incendiado após enteado pegar veículo sem autorização

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
DOURADOS
Por força judicial, terceira sessão para definir Mesa Diretora da Câmara é cancelada
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia