14/09/2011 09h04 -

Projeto de Cemar declara de utilidade pública grupo de Escoteiros

 

Carlos Ferraz

Está tramitando na Câmara Municipal de Dourados, projeto de lei de autoria do vereador Cemar Arnal (PDT) que considera de utilidade pública municipal, o Grupo de Escoteiros São Jorge de Dourados, criado em 13 de agosto de 1990. O grupo de escoteiros está devidamente registrado, não possui fins lucrativos e está em pleno funcionamento na cidade.

Cemar explica que o Grupo de Escoteiros São Jorge atende atualmente jovens de 7 a 18 anos nos seguintes ramos: Lobo (7 a 10), Escoteiro (10 a 14) e Sênior (15 a 18).

“O grupo tem como princípio a prática do escotismo, contemplando o trabalho realizado pela família, pela escola e pela igreja, auxiliando o jovem a moldar o caráter, algo mais significativo em toda sua formação”, justifica o vereador. “Também compartilha do propósito de contribuir para que o jovem assuma o seu próprio desenvolvimento, especialmente do caráter, ajudando-o a realizar suas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, efetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades”, completa.

“Este grupo de escoteiros, tem contribuído há mais de 20 anos, formando cidadãos responsáveis, respeitando as diferenças em sua identidade e em sua cultura, sem distinção de origens sociais, raças e credos”, ressalta o vereador Cemar Arnal.

O projeto foi protocolado segunda-feira na Câmara e deve entrar em pauta nas próximas sessões, após análise das comissões permanentes.

(2) Comentários

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

Tomara que o grupo consiga ser reconhecido como utilidade publica. Eu conheço e gosto muito do grupo.

 
ricardo em 18 de setembro de 2011 às 17:21

Tomara que o movimento escotista seja reconhecido com utilidade publica, ja que ele atende a tantas crianças e jovens da cidade apenas com a intenção de formar melhores cidadãos.

 
Lorraine em 18 de setembro de 2011 às 17:18