Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ÍNDIOS

Projeto da UEMS vai levar atendimento jurídico a Aldeia Jaguapiru

05 julho 2019 - 18h35Por Da redação

Na manhã desta sexta-feira, dia 05 de julho, lideranças da Aldeia Jaguapiru, localizada em Dourados, se reuniram com o vice-reitor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Laércio Alves de Carvalho, representantes do Programa "Rede de Saberes" e com os Pró-reitores de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, Márcia Alvarenga, e de Ensino, João Mianutti, para discutir a elaboração de um Projeto Piloto para prestar Atendimento Jurídico na comunidade indígena. A ideia é oferecer serviços feitos por acadêmicos e professores para suprir as demandas dos moradores da Aldeia Jaguapiru.

“Como líder da comunidade, a gente vê as dificuldades do nosso povo. Eles têm uma dificuldade muito grande para ir atrás de uma ajuda jurídica, as vezes não tem como ir por conta do transporte e muitos não entendem as informações passadas.  Um atendimento dentro da Aldeia facilitaria muito, pois nós vamos estar junto com eles ajudando”, explica o Cacique da Aldeia Jaguapiru, Izael Morales. A reunião foi solicitada pelas lideranças da Aldeia Jaguapiru com apoio dos alunos indígenas da UEMS/Dourados.

A partir desta reunião, será elaborado o projeto piloto com uma proposta de atendimento jurídico na Aldeia explica o vice-reitor, “Nesse momento faremos esse projeto em forma de extensão para que a gente possa entender a demanda. Para que depois a gente possa avaliar a possibilidade de expansão em outras aldeias, em outras comunidades, não só em Dourados, mas também onde tem outros cursos de Direito como em Naviraí e Paranaíba. É um projeto de grande impacto social”.

O projeto piloto será uma ação de extensão construída com a participação do Curso de Direito por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, com apoio do Programa Rede de Saberes e das lideranças da comunidade indígenas.

“ Com apoio de todos os envolvidos vamos desenvolver a proposta desse projeto para saber onde será o local desses atendimentos, que dia da semana e horário são mais adequados. E também, qual é a real demanda da comunidade indígena”, reforça a Pró-reitora Márcia Alvaranga. A próxima reunião está marcada para agosto e a expectativa é que até lá o projeto já tenho um esboço.

O Curso de Direito da UEMS/Dourados já oferece atendimentos gratuitos para comunidade em geral por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, que fica localizado no centro de Dourados.

NPJ – Núcleo de Práticas Jurídicas: Rua Joaquim Teixeira Alves, Nº 1307, Centro. Telefone: 3902-2690

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPEÃO
Peão de MS conquista título nacional de rodeio
ASSEMBLEIA
Alvo de CPI, Energisa diz que aguarda notificação da AL para prestar esclarecimentos
CRIME AMBIENTAL
Famoso por pesca predatória, "Japa" é preso e multado por policiais ambientais
DOURADOS
Em Brasília, secretário articula recursos para Hospital da Mulher e da Criança
MATO GROSSO DO SUL
Pais ganham na justiça direito de registrar nome do filho natimorto
CAMAPUÃ
Ao ver viatura, traficante realiza manobra perigosa, foge, mas acaba preso com droga
BRASIL
Alcolumbre fala em Constituinte para tratar de prisão em 2ª instância
DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
CAMPO GRANDE
Morador de rua é encontrado morto e seminu
PARQUE DAS NAÇÕES
Homem que coleciona passagens pela polícia é preso em Dourados

Mais Lidas

BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária