Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Professora Terezinha Bazé é homenageada pelo Deputado Eduardo Rocha com comenda “Professor Comprometido”

12 dezembro 2012 - 15h45

A professora Terezinha Bazé de Lima foi homenageada na noite desta terça-feira pelo deputado estadual Eduardo Rocha, com a comenda “Professor Comprometido”, junto com outros professores de Mato Grosso do Sul , em uma sessão solene proposta pela deputada Mara Caseiro (PT do B).

“O professor é importante para a educação e para a vida. É este profissional que zela com carinho por seus alunos e que merece ser valorizado e respeitado”, afirmou. A solenidade aconteceu em comemoração à Semana Estadual de Valorização do Educador, instituída pela Resolução 16, de 3 de julho de 2012.

A outorga da Comenda “Professor Comprometido” tem o objetivo de homenagear professores que se dedicam à educação no Estado de Mato Grosso do Sul. A homenageada Terezinha Bazé é pró-reitora de Ensino e Extensão da UNIGRAN, professora e doutora em Educação, Terezinha Bazé de Lima.


“ Agradeço ao deputado Eduardo Rocha pela indicação do meu nome. Com certeza divido essa alegria com toda minha família que sempre contribuiu com todos os meus projetos e ações. Estou muito feliz pelo reconhecimento”, disse a educadora. Em carta, a professora agradeceu ao deputado pela indicação e destacou a importância de receber este tipo de homenagem em vida.

Formada em pedagogia pela UFMS , Terezinha Bazé é natural de Três Lagoas. É especialista em Planejamento Didático e em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Penapólis – Estado de São Paulo. Mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP.

Já graduada, iniciou sua carreira profissional como docente na educação infantil. Ingressou como professora de Ensino Superior na UFMS, na mesma unidade em que graduou. Atualmente, Terezinha Bazé de Lima é professora e pesquisadora do IESF- Instituto de Ensino Superior da FUNLEC/Campo Grande da UNIGRAN e da FUNDECT-MS com projeto de pesquisa aprovado na área da formação de professores.

Na UNIGRAN exerceu o cargo diretora da Faculdade de Educação e hoje é pró-reitora de Ensino e Extensão. Também é professora titular de Graduação e Pós Graduação em cursos presenciais e na educação a distância. Bazé também integra há 30 anos o grupo da OMEP/BR/MS, é presidente da OMEP/Dourados e secretária executiva da OMEP/Brasil.

Filha de ferroviário, a professora Bazé conta que se apaixonou pela educação ainda muito jovem, em casa. “Meu pai trabalhava com vários funcionários braçais na Noroeste do Brasil, que não eram alfabetizados. Ouvimos no rádio, quando eu tinha 15 anos, que teria uma capacitação para escola Mobral [Movimento Brasileiro de Alfabetização] e que as pessoas poderiam abrir as salas em casa. Meu pai era o professor de alfabetização e eu fui ajudante dele no processo de alfabetização de adultos ensinando minha mãe, as amigas e os ferroviários. Ali nasceu o meu desejo de ser professora”, narra a professora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 16 milhões nesta quarta-feira
PRAZO
Tribunal Regional do Trabalho encerra inscrições para Programa de Estágio
CAMPO GRANDE
Três homens em veículo furtado são perseguidos e presos pela Polícia
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para Pós em Educação Científica e Matemática
REUNIÃO
Bolsonaro vai à Argentina para participar da cúpula do Mercosul
PARANHOS
"Braço direito" de narcotraficante preso é executado a tiros na fronteira
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação