Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Prisão de chefe da Guarda da Capital pode ter reflexo em Dourados

15 agosto 2002 - 13h46

A prisão do tenente aposentado Benedito Xavier por ordem do comandante geral da Polícia Militar , o coronel José Ivan de Almeida poderá ter desdobramento na Guarda Municipal de Dourados. A ordem de prisão partiu depois que um integrante da Guarda da Capital feriu gravemente com um tiro um adolescente no Horto Florestal. O comandante considerou que Benedito foi irresponsável ao permitir que seus subordinados usassem armas. O porte de arma de fogo por integrante da Guarda Municipal também ocorre em Dourados e o chefe instituição é um tenente do Corpo de Bombeiros, subordinado ao coronel José Ivan de Almeida. Recentemente integrantes da Guarda de Dourados feriram com um tiro a jovem Fernanda Ribeiro Lima após uma perseguição pelas ruas centrais da cidade. Para alguns juristas o uso de armas por integrantes de Guardas Municipais fere o artigo 328 do Código Penal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
REGIÃO
Polícia localiza mocó de maconha e prende dois em Ivinhema
ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
PANDEMIA
Primeiro caso de Covid-19 em Aquidauana pegou o vírus na Capital
JUSTIÇA
STF aprova mais 5 anos para adesão a acordo de planos econômicos
MONITORAMENTO
MS fica em 3º lugar no ranking de transparência nas informações sobre o coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown