Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Educadores protestam no CAM por falta de auxiliares nos Ceim’s

17 fevereiro 2020 - 10h03Por André Bento

O primeiro dia da paralisação definida pelo Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados) por causa da falta de auxiliares educacionais em Ceims’s (Centros de Educação Infantil) do município teve protesto na prefeitura. Pais e educadores cobraram soluções da administração.

Presidente do sindicato, o professor Juliano Meneghetti Mazzini informou ao Dourados News que o objetivo é alertar a sociedade sobre uma situação muito grave de risco para segurança das crianças.

Ele aponta desrespeito à Deliberação número 080/2014 do Conselho Municipal de Educação, segundo a qual “em qualquer faixa etária as funções de educar e cuidar deverão ser exercidas pelo professor, acompanhado por um auxiliar em período integral”.

“Desta vez, nossa categoria não parou por questão de negociação salarial ou algum tipo de benefício ou lei que não esteja sendo cumprida com a educação infantil. Os trabalhadores pararam dessa vez porque as crianças estão correndo risco nos Ceim’s. Isso tem que ficar claro para os pais. Se a criança não estiver com professores e auxiliares previstos na Deliberação 080, ela está em risco”, ressaltou.

Além do protesto de hoje no CAM (Centro Administrativo Municipal), a partir de terça-feira (18) os profissionais da educação  “vão realizar paralisação parcial, de acordo com a demanda de cada unidade de ensino e para evitar riscos aos(às) alunos(as) e falta de condições de trabalho às docentes”, conforme descrito pelo Simted.

Segundo o presidente do sindicato, há relatos de que alguns Ceim’s já fragmentaram horários dialogando com a comunidade. “Isso é delicado porque jornada parcial de trabalho depende de decisão da categoria. Depende da categoria dizer se vai parar ou da Secretaria Municipal de Educação enquanto gestora dizer se vai suspender as aulas”, pontua.

Procurado pelo Dourados News nesta manhã, o secretário municipal de Educação, Upiran Jorge Gonçalves da Silva, explicou que a contratação de auxiliares educacionais, os estagiários, compete ao Núcleo de Estágio da Secretaria Municipal de Administração, mas no processo seletivo realizado houve índice de aprovação muito pequeno e falta de interesse por falta dos acadêmicos para ocuparem a função.

“Nós teremos reunião hoje com o Ministério Público Estadual às 14 horas para discutir possibilidade de voltar a adotar o sistema de antigamente, com encaminhamento direto dos estagiários pelos Ceim’s”, disse.

Nesse caso, segundo Upiran, os próprios centros de educação infantil, com as listas de interessados que trabalharam em outros anos ou estão entrando agora na faculdade, entregam a documentação no Núcleo de Estágio, que faz a admissão.

O secretário de Educação reconheceu o direito à manifestação dos educadores, mas ponderou que a Procuradoria-Geral do município e a Secretaria Municipal de Governo e Gestão Estratégica analisam a regularidade da greve e farão levantamento para saber quais Ceim’s estão paralisados e o percentual de profissionais em atividade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil tem 365 mortes e passa dos 9 mil casos de coronavírus
POLÍCIA
Homens são presos com porções de maconha em Aquidauana
COVID-19
MPT já recebeu mais de 5 mil denúncias durante a pandemia
LEVANTAMENTO
Brasil tem 34,6 mil crianças e adolescentes em casas de acolhimento
IMPOSTOS
Prorrogados tributos municipais, estaduais e federais do Simples Nacional
BOLETIM
Mulher de Nova Andradina com coronavírus está internada em Dourados
DOURADOS
Vereador deixa o Cidadania no último dia de janela e desembarca no PSDB
DOURADOS
Novas medidas para flexibilização do comércio devem sair até terça
SOLIDARIEDADE
Médicos de Dourados lançam campanha para doação insumos hospitalares
BRASIL
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações